PARCEIROS nacionais e internacionais, com interesse na área de infra-estruturas, deverão passar a orientar os seus investimentos tendo como referência os Corredores de Desenvolvimento, nos termos da estratégia aprovada pelo Governo para o sector.

Para discutir perspectivas de investimento, a cidade de Tete acolhe, próxima semana, um Fórum de Infraestruturas, co-organizado pelos Ministérios dos Transportes e Comunicações (MTC); das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos (MOPHRH); da Agricultura e Segurança Alimentar (MASA) e dos Recursos Minerais e Energia (MIREME).

A decorrer sob o lema “Investir em Infra-estruturas Resilientes para Promover o Desenvolvimento Sustentável e a Integração Regional”, o fórum visa atrair investimentos para projectos estruturantes que induzam ao desenvolvimento do sector de infra-estruturas, contribuindo para um crescimento harmonioso da economia nacional e regional.

Segundo Odete Simeão, porta-voz do Fórum, Moçambique constitui uma plataforma para os negócios internacionais (importação e exportação) de produtos agrícolas, indústrias e de consumo, tanto para a indústria mineira, quanto para o comércio, para os países da região.

Segundo a fonte, espera-se que a conferência abra espaço para a partilha de experiências sobre boas práticas na implementação de infra-estruturas públicas e privadas, com impacto regional, e em consonância com o Plano Director Regional de Desenvolvimento de Infra-estruturas da SADC, e com as melhores práticas de planificação integrada.

Explicou que, no encontro, serão produzidas recomendações que vão orientar as equipas de trabalho na criação de um ambiente favorável ao negócio, bem como a preparação dos projectos de mobilização dos recursos a nível regional e internacional.

“Não queremos que seja mais um evento. O fórum deve ser uma oportunidade para atrair financiamento para os projectos já identificados. Cada ministério identificou os projectos estruturantes do sector e os mesmos serão apresentados e discutidos, e esperamos que no fim se celebrem memorandos de entendimento para a sua implementação”, disse Simeão.

O “Notícias” soube que no encontro de dois dias serão discutidos vários temas, nomeadamente a Mobilização de Financiamento; Infra-estruturas de Transporte e Infra-estruturas de Suporte para a Implementação dos Projectos.

“Estamos a levar projectos estruturantes, sendo que um deles é a construção da linha ferroviária Norte-Sul. É um projecto que ainda não tem o seu estudo de viabilidade concluído, mas julgamos que é o momento de trazer essa ideia e discutir com os investidores com vista à sua materialização”, precisou.

A fonte acrescentou que outra intenção do fórum é trazer os projectos que tenham uma forte ligação com os corredores regionais pelo papel que Moçambique tem estado a desempenhar ao nível da região da SADC.

São esperados no encontro cerca de 300 participantes oriundos de diferentes partes do mundo, tendo já confirmado presença investidores da China, Portugal, Turquia, África do Sul, para além dos empresários nacionais.

 

Mais recentes

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 20 Outubro 2017
O PRESIDENTE da República, Filipe Nyusi, manifestou há dias, e de forma particularmente severa, a sua preocupação em relação aos elevados índices de corrupção que se registam no país, tanto no sector público quanto no... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Caia vira corredor de desenvolvimento
Quinta, 19 Outubro 2017
O ADMINISTRADOR do distrito de Caia, João Saize, considerou, há dias, em entrevista ao nosso Jornal, que nos últimos oito anos a região se transformou num verdadeiro corredor de desenvolvimento, com a entrada em funcionamento da Ponte Armando Guebuza, em Agosto de 2009. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quinzenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,70 61,84
ZAR 4,43 4,51
EUR 71,53 72,88

11.10.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HÁ alguns anos, o Governo do ex- presidente moçambicano, Joaquim ...
2017-10-20 23:30:00
MAIS um linchamento ocorreu ao princípio desta semana na cidade da Beira, ...
2017-10-20 23:30:00
TURMA, não posso ignorar esta chamada, serei rápido. Enquanto estou ...
2017-10-20 23:30:00
MOCÍMBOA da Praia, na província de Cabo Delgado, está desde ...
2017-10-19 23:30:00
Passam cerca de duas semanas que contei a história onde o personagem ...
2017-10-19 23:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 2572 visitantes em linha