Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

As companhias Ethiopian Airlines e a Malawi Airlines foram apuradas no concurso lançado em Abril último pelo Instituto de Aviação Civil de Moçambique (IACM) com o objectivo de seleccionar empresas para explorar rotas domésticas de transporte aéreo.

Nesta operação, segundo os resultados do concurso, divulgados ontem em Maputo, as duas companhias vão explorar as rotas domésticas em concorrência com operadores nacionais como as Linhas Aéreas de Moçambique (LAM); Moçambique Expresso (MEX); CFM – Transportes e Trabalhos Aéreos SA; Transportes e Trabalhos Aéreos (TTA) e Solenta Aviation Mozambique SA.

Falando a jornalistas ontem em Maputo,o presidente da IACM, João de Abreu, apontou que as empresas LAM, MEX e Ethiopian Airlines manifestaram interesse em explorar todas as rotas domésticas indicadas no concurso, tendo sido alocadas em conformidade com o seu pedido, enquanto a CFM-TTA,SA, a Malawi Airlines, a TTA e Solenta solicitaram rotas selectivas.

Para as rotas internacionais, que também foram objecto do concurso lançado em Abril, apresentaram-se cinco operadoras como candidatas, nomeadamente: CFM SA; LAM SA; Malawi Airlines, MEX SARL e a TTA. Destas cinco companhias, foram apuradas quatro, nomeadamente, CFM, LAM, MEX SARL e a TTA.

Segundo João de Abreu, para os dois concursos, as companhias apuradas têm um espaço temporal de 180 dias, contados a partir da data da publicação dos resultados, para operacionalizar as rotas. O não cumprimento deste prazo implica a substituição pelas empresas suplentes.

Para o caso das empresas Ethiopian Airlines e Malawi Airlines existe também a obrigatoriedade de efectuarem o registo como empresas nacionais e licenciarem-se como operadoras aéreas nacionais de acordo com a legislação em vigor na República de Moçambique.

Paralelamente, as companhias CFM e TTA deverão, segundo o IACM, regularizar o seu licenciamento em conformidade com a mesma legislação.

João de Abreu diz acreditar que a entrada de mais operadores na exploração das rotas quer nacionais quer estrangeiras possa contribuir para a melhoria da qualidade dos serviços prestados.

A fonte admite também que a medida possa contribuir para a diversificação das alternativas de transporte bem como dos preços aplicados no serviço aéreo em Moçambique.

Sábados

TEMA DE ...

É um facto que as autoridades municipais, há anos, enfrentam ...

...

A INFÂNCIA e a arte são universos muito próximos. ...

Conselho de administração

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

Siga-nos

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction