Imprimir
Categoria: Economia
Visualizações: 1180

O Presidente da República, Filipe Nyusi, disse na manhã de hoje, em Maputo, que os 200 novos autocarros destinados ao reforço da frota de transporte público urbano em todo o país vão minimizar o drama de transportes e mobilidade nos principais centros urbanos de Moçambique.

Falando no Estádio Municipal do Zimpeto, local que acolheu a cerimónia que incluiu igualmente a premiação do melhor transportador em termos de conservação do autocarro e segurança rodoviária, recomendou o bom uso das viaturas, evitando actos de vandalismo e sua destruição precoce.

Os autocarros disponibilizados até ao momento, tem estado a melhorar significativamente o nível de conforto e mobilidade dos cidadãos, pois, se em 2014 a capacidade de resposta à demanda situava-se em cerca de 10 por cento, hoje estima-se em cerca de 72 a 75 por cento das famílias urbanas são utentes deste serviço, enfatizou o estadista.

Explicou também que o “crónico problema de encurtamento de rotas apesar de ainda persistir reduziu bastante e acreditamos que pode reduzir ainda mais”.

“O tempo de viagem de casa para o serviço e, vice-versa, principalmente nas horas de ponta também reduziu consideravelmente. A quantidade de autocarros de 15 lugares tende a diminuir dando lugar a outros de maior dimensão e conforto”,afirmou o Presidente da República, assegurando que o governo vai continuar a envidar esforços para, em cooperação com o sector privado, melhorar cada vez mais a problemática dos transportes públicos de passageiros à escala nacional.