A defesa de Jean Boustani, arguido no caso das dívidas ocultas de Moçambique, enviou uma carta à Justiça norte-americana, com a proposta de caução de 20 milhões de dólares e residência de alta segurança.

A defesa de Jean Boustani, arguido no caso das dívidas ocultas de Moçambique, enviou esta terça-feira uma carta à Justiça norte-americana, com uma proposta de caução de 20 milhões de dólares e residência de alta segurança para atenuar as medidas de coação.

Numa carta de 15 páginas, dirigida hoje ao principal juiz do caso, William Kuntz, a equipa de defesa propõe novas condições para a libertação de Jean Boustani, preso, preventivamente, no Metropolitan Detention Center (MDC), entre as quais o avanço de um milhão de dólares em dinheiro para garantia de um total de 20 milhões de dólares (17,5 milhões de euros) e uma residência com fortes medidas de segurança para prisão domiciliária.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction