A Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH) anunciou ontem a expansão da rede de gás natural que tem funcionado como experiência pioneira no país para abastecimento residencial, num sector que deverá crescer dentro de quatro a cinco anos.

A rede instalada na província de Inhambane ganhou 260 novos consumidores residenciais e a distribuição de gás natural canalizado totaliza cerca de 2000 clientes, na sua maioria famílias, nos distritos de Vilankulo, Inhassoro e Govuro, anuncia a empresa em comunicado, citado pela Lusa.

O presidente da ENH, Omar Mithá, considera que o projecto serve de exemplo na distribuição de um combustível que "ajuda as famílias a pouparem mais, em comparação com o que gastavam antes com a compra de carvão, lenha ou energia eléctrica".

Com cerca de 350 quilómetros, a rede do norte de Inhambane foi a primeira experiência de distribuição de gás natural canalizado para uso familiar, comercial e industrial em Moçambique, iniciada em 1992.

A ENH e a empresa estatal sul-coreana Kogas estão a desenvolver, desde 2014, uma rede semelhante de distribuição de gás natural canalizado na cidade de Maputo e distrito de Marracuene, que actualmente conta com 20 consumidores, entre comerciais e industriais.

Prevê-se que o sector possa crescer no mercado doméstico com a exploração de gás natural ao largo da costa norte de Moçambique, dentro de quatro a cinco anos.

Comments

O empresário Jean Boustani, acusado de participar no escândalo das dívidas ocultas de Moçambique, vai aguardar o julgamento na prisão, decidiu o tribunal, negando assim o pedido de prisão domiciliária apresentado pelo arguido libanês.

“Depois de avaliar cuidadosamente a proposta do arguido sobre as circunstâncias deste caso, o tribunal está convencido que nenhumas condições podem, razoavelmente, garantir a comparência do arguido durante este caso”, disse o juiz norte-americano William Kuntz II, citado pela agência de informação financeira Bloomberg.

O juiz negou assim o pedido dos advogados do empresário do grupo Privinvest que defendiam que se saísse sob fiança, Boustani aceitaria ficar sujeito a prisão domiciliária e vigilância constante de uma equipa de segurança, num local secreto.

A acusação da justiça norte-americana contém revelações detalhadas sobre o caso das dívidas garantidas pelo Estado moçambicano, entre 2013 e 2014, a favor das empresas públicas Ematum, MAM e ProIndicus, de pescas e segurança marítima, concluindo que terão servido para um esquema de corrupção e branqueamento de capitais com vista ao enriquecimento de vários suspeitos.

A investigação dos EUA ficou conhecida quando o ex-ministro das Finanças de Moçambique, Manuel Chang, três ex-banqueiros do Credit Suisse e o intermediário da empresa naval Privinvest foram detidos em diferentes países, desde 29 de Dezembro, a pedido da justiça norte-americana.

O antigo ministro moçambicano permanece preso, desde final do ano passado, na África do Sul, aguardando uma decisão sobre a sua eventual extradição para os Estados Unidos.

Em 2016, a revelação de que o Estado tinha dado garantias escondidas a empréstimos que ascendiam a dois mil milhões de dólares (ao câmbio actual) levou à suspensão de vários apoios internacionais, contribuindo para a degradação das perspectivas económicas do país.

Comments

A AUTORIDADE Tributária de Moçambique (AT) irá privilegiar, no presente ano, a rotação e realocação dos seus funcionários nas áreas mais críticas, com vista a responder aos desafios da falta de recursos humanos face às restrições orçamentais. Leia mais

Comments

O BarclaysBank Moçambique está a modernizar a sua rede de agências em todo o território nacional. A informação foi divulgada ontem em Maputo pelo administrador delegado do Barclays Bank Moçambique, Rui Barros,durante a cerimónia de reabertura de um novo balcão. Leia mais

Comments

A EMPRESA Hidroeléctrica de Cahora Bassa (HCB) vai aderir à Bolsa de Valores de Moçambique (BVM), no primeiro trimestre do ano em curso, com o objetivo de se capitalizar. Este é o primeiro passo para a venda de 7.5 por cento das acções do empreendimento energético para os cidadãos moçambicanos.  Leia mais

Comments
Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction