Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

ANALISTAS dos Estados Unidos prevêem que 14 milhões de pessoas vão perder protecção na área da saúde no próximo ano como consequência do projecto de lei dos republicanos, que visa acabar com a reforma do sistema, conhecido como “Obamacare”.

A Agência do Congresso para o Orçamento (CBO, sigla em inglês) estimou segunda-feira que o número de pessoas sem seguro de saúde vai crescer para 24 milhões em 2026.

A Lei da Cobertura Médica Acessível (“Obamacare”) foi uma das prioridades do Presidente cessante dos Estados Unidos, Barack Obama, quando chegou à Casa Branca e vem sendo questionada pelos republicanos.

As projecções aumentam a pressão sobre os republicanos, que contam agora com a maioria no Congresso e o Presidente eleito, Donald Trump, para apresentar uma alternativa depois da revogação daquela medida, como prometeram.

A 06 de Março, a maioria republicana do Congresso deu a conhecer o início da reforma do sistema de saúde criado por Barack Obama.

O “Obamacare” foi aprovado em 2010 pela maioria democrata e permitiu que mais de 20 milhões de norte-americanos conseguissem aceder a um seguro de saúde.

Os republicanos tentam há anos revogar a reforma democrática, mas nem todos concordam com a forma como será feita a substituição, apesar de ser uma prioridade legislativa.

Sábados

CLICKADAS

TEMA DE ...

A multiplicidade étnica e religiosa é, sem dúvida, uma ...

...

A busca por um sistema educacional que incluísse as línguas, ...

Conselho de administração

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

Siga-nos

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction