A SECA continua a provocar mortes no Quénia. Dez mortos é o resultado dos mais recentes confrontos entre as comunidades rurais que lutam por pastagens para os seus animais, informou hoje, segunda-feira, a polícia.

Pastores das comunidades de Borana e Samburu travaram um tiroteio no domingo numa área no centro do país, chamada Kom, para onde ambos os grupos levaram o seu gado a pastar, explicou o chefe da polícia da cidade de Isiolo, Charles Ontita.

Segundo a referida fonte, dez pessoas foram mortas e duas ficaram feridas nos confrontos que levaram as autoridades a destacar mais agentes para o local.

As mortes tiveram lugar uma semana depois de 13 pessoas terem perdido a vida na região de Baringo, no oeste do país, quando pastores de Ilchamus e Pokot se envolveram em conflitos por causa de uma zona de pasto chamada Mukutani.

No domingo, em Mukutani, quatro agentes foram feridos quando supostos pastores Pokot abriram fogo contra o veículo em que seguiam, numa altura em que escoltavam membros da comunidade Ilchamus para um local seguro, de acordo com a polícia de Baringo.

Em resposta ao surto de violência, desencadeado pela seca que afecta cerca de metade do país, o Presidente Uhuru Kenyatta anunciou na sexta-feira o destacamento de tropas para as regiões de Baringo e Laikipia.

O Quénia tem sido atingido por uma seca, que levou mesmo o país a declarar o estado de desastre nacional, mas com eleições previstas para Agosto muitos suspeitam de que a política também tenha tido um papel na recente onda de violentos confrontos.

Versão-Impressa


Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 23 Junho 2017
DOIS momentos marcaram esta semana o contacto entre o Banco de Moçambique e a comunicação social, nomeadamente o ponto de situação da economia nacional e os esclarecimentos à volta do processo que culminou com a venda do Banco Moza à Kuhanha –... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Mandimba faz de tudo para não passar fome
Terça, 27 Junho 2017
Há cada vez menos pessoas a se envolverem no cultivo e comercialização de tabaco, no distrito de Mandimba, província de Niassa, desânimo associado à falta de chuvas que se registou na campanha agrária passada e que provocou prejuízos enormes aos produtores. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quizenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,83 60,97
ZAR 4,66 4,75
EUR 66,81 68,07

22.06.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

CONTRA as minhas próprias convicções, sou impelido a concordar ...
2017-06-27 06:45:03
ESTÁ um frio do catano. Me penetra até aos ossos, que os imagino ...
2017-06-27 06:43:12
EM 1975, eu ainda era pequeno. Com a idade que tinha, naturalmente não me ...
2017-06-26 07:35:13
A PREPARAÇÃO para ir a Foto Mia, a única casa de fotografia de ...
2017-06-26 07:30:10
NOS últimos dias, a actividade de “car wash” na cidade de Maputo ...
2017-06-26 07:25:47

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 2221 visitantes em linha