TODOS os anos, a Universidade do Sul da Califórnia leva delegações da África para se reunir com líderes empresariais, funcionários do Governo e outros nos Estados Unidos. Mas este ano, a cimeira EUA-Africa não teve participantes africanos.  A todos lhes foram negados os vistos.

Uma cimeira havida semana passada nos Estados Unidos para discutir o desenvolvimento sustentável de África, não teve representantes africanos, porque nenhum teve permissão para entrar no país.

Cerca de 100 africanos foram proibidos de entrar nos Estados Unidos para participar da Cimeira de Desenvolvimento Econômico Global de África, que acontece todos os anos na Universidade do Sul da Califórnia.

A cimeira pretende encorajar as empresas norte-americanas a investir em África, particularmente no apoio à energia limpa, combate dos efeitos das mudanças climáticas e redução da pobreza.

O evento está aberto a empreendedores, corporações e líderes políticos e cívicos dos Estados Unidos e de África, cujos representantes têm a oportunidade de mostrar projectos que precisam de ajuda técnica ou investimento.

A presidente da Cimeira, Mary Flowers, falando à Voz da América (VOA) disse que "normalmente, 40% dos convidados têm a entrada dos EUA recusada, mas os outros vêm. Este ano (a recusa de vistos) foi de 100% (…) ”.

"Eu tenho que dizer que a maioria de nós sente que é um problema de discriminação com as nações africanas. Experimentamos isso uma e outra vez, e as pessoas rejeitadas são pessoas de negócios legítimos com vínculos com o continente ".

Os convidados africanos à cimeira incluíam palestrantes e representantes de Governos, de países como África do Sul, Serra Leoa, Guiné-Conacri, Gana, Nigéria e Etiópia. - VOA

 

Versão-Impressa


Mais recentes

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 17 Março 2017
A cólera volta a ser um grande problema para a saúde em Moçambique, agora também em províncias que há vários anos não registavam casos da doença. A primeira ilação que se pode tirar é que pode ter havido relaxamento... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Indústria de Confecções: Um gigante que cedeu...
Terça, 21 Março 2017
A INDÚSTRIA de confecções teve momentos de glória em Moçambique e na região. Mas com o tempo ficou moribunda e colapsou. Não resistiu às vicissitudes do mercado, deixando milhares de operários à sua sorte.  Leia mais Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quizenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 68,74 68,84
ZAR 5,42 5,43
EUR 73,76 73,87

17.03.2017   Banco de Moçambique

Temperatura

25.02.2017    INAM

Opinião & Análise

É DELICADO o assunto que trago para esta semana, porque susceptível de ...
2017-03-22 07:46:11
DEMOCRACIA é um conceito actualmente usado, de forma arbitrária, em ...
2017-03-22 23:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 4327 visitantes em linha