O VICE-PRESIDENTE dos Estados Unidos, Mike Pence, descartou na quarta-feira a possibilidade de negociar directamente com o líder norte-coreano Kim Jong-un como saída para a crescente tensão entre os dois países.

“A única coisa que precisamos de ouvir da Coreia do Norte é que terminaram e finalmente desmantelaram o seu programa de armas nucleares e mísseis balísticos”, declarou Pence numa entrevista à CNN, no porta-aviões USS Ronald Reagan, na base naval de Yokosuka, no Japão.

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tinha dito, quando era candidato, que estava disposto a conversar com Kim Jong-un, mas a tensão entre os dois países aumentou depois de Pyongyang ter lançado um míssil no Mar do Japão, no passado dia 05 de Abril corrente.

Trump anunciou então o envio, para a península coreana, do porta-aviões Carl Vinson e frota de ataque, apesar de depois se ter descoberto que se dirigem para o Índico.

O secretário de Estado Rex Tillerson disse na quarta-feira que os Estados Unidos estão a considerar a possibilidade de voltar a incluir a Coreia do Norte na lista de patrocinadores de terrorismo, de onde Pyongyang saiu em 2008.

Entretanto, a Coreia do Norte acusou hoje, quinta-feira, os Estados Unidos de tentarem aumentar a tensão na península coreana com a visita do vice-Presidente a Seul, onde aconselhou Pyongyang a não testar a determinação de Washington.

Os meios de comunicação norte-coreanos fizeram pela primeira vez eco da visita de Mike Pence e da reunião com o Presidente sul-coreano em exercício, Hwang Kyo-anh, num texto publicado no portal de propaganda norte-coreano Uriminzokkiri.

No texto, os Estados Unidos são acusados de “terem perdido a noção da situação e o juízo”, ao quererem avivar o sentimento anti-coreano.

“O novo Governo (de Donald Trump) está no caminho certo para aumentar ainda mais as tensões militares de forma imprudente, ao mesmo tempo que prejudica o regime mediante políticas hostis” e lança uma “campanha provocatória e agressiva” contra o país, de acordo com o texto.

A Coreia do Norte deu como exemplar o anúncio do envio de um porta-aviões nuclear norte-americano e frota de ataque para águas próximas da península coreana e o apelo do "número dois" da Casa Branca para aumentar a pressão internacional e agravar as sanções ao governo.

Versão-Impressa


Mais recentes

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 26 Maio 2017
A Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA) elegeu, ontem, novos corpos sociais para o triénio 2017/2020, marcando fim de um processo que teve a polémica como principal característica. Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Natalidade: Quando mulheres negam imprevistos
Sexta, 26 Maio 2017
MARIA Alberto teve os seus dois filhos, o primeiro aos 15 anos e o segundo um ano depois, e não fazia ideia da existência de formas de planeamento familiar. Hoje, aos 24 anos, busca ajuda de profissionais de Saúde para programar a gravidez. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quizenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,10 61,27
ZAR 4,57 4,65
EUR 67,42 68,73

23.05.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

DEPOIS de um ambiente de quase “cortar à faca” a ...
2017-05-26 23:30:00
A VERDADE é que ele já não está aqui. Faltou a esta aula ...
2017-05-26 23:30:00
HÁ mortos que decididamente se recusam a regressar ao pó donde vieram. ...
2017-05-26 07:15:16
CORRO o risco de ser incompreendido ao abordar um assunto tão delicado como ...
2017-05-25 23:30:00
BRASIL, esse gigantesco país, que me faz lembrar a Suíça, por ...
2017-05-25 23:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 1516 visitantes em linha