O PRIMEIRO-MINISTRO da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, esclareceu hoje, sexta-feira, que não pretende mandar prender crianças talibés, mas sim retirá-las das ruas do país e mandá-las para um centro onde terão educação cuidada.

De partida para uma visita privada a Marrocos, Itália e Grécia, o chefe do governo guineense esclareceu não ser sua intenção prender crianças talibés (muçulmanos que pedem esmolas pelas ruas do país) mas cuidar da sua formação "para o futuro do país".

Sissoco Embaló afirmou, contudo, não estar a voltar atrás na sua posição e disse ainda estar a reforçar a sua determinação de mandar para um centro qualquer criança talibé apanhada nas ruas do país a mendigar.

"Vou repetir, já dei ordens ao ministro do Interior, qualquer criança talibé apanhada na rua, já temos um sítio para a colocar, não vai para nenhuma prisão. Já que os pais não têm condições de a ter, o Estado tem obrigação com essas crianças, são futuros quadros deste país", frisou o primeiro-ministro guineense.

Sissoco Embaló disse ser inegociável a sua determinação de querer retirar das ruas crianças, que realçou serem elementos da sua comunidade, os Fulas, e da sua religião, os muçulmanos.

"Quando és membro de uma comunidade e vês que estão a adiar o futuro da mesma tens que reagir", enalteceu, para reforçar que vai "endurecer a posição" contra os pais e encarregados de educação de crianças talibés.

"Vou endurecer a posição, uma criança talibé, em qualquer parte do país, a pedir esmola, já temos um lugar para a colocar", avisou o líder do governo guineense que pediu que se afaste a política desta questão.

Aos críticos que, disse, evocam os direitos das crianças, perguntou se mandar crianças para as ruas não é violar os seus direitos e lembrou-lhes ainda que não podem gostar mais dessas crianças do que ele, que é membro da sua comunidade.

"Como disse, são crianças da minha comunidade e da minha religião, pelo que assumo essa questão", declarou Umaro Sissoco Embaló.

Mais recentes

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 17 Novembro 2017
OS ACONTECIMENTOS que o município de Nampula vive, desde o assassinato de Mahamud Amurane, a 4 de Outubro, acinzentam a democracia moçambicana, numa altura em que o sistema caminha de forma irreversível para a sua consolidação. Governar é uma ciência... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
CIDADE DE MOCUBA: Governo mobiliza fundos para...
Terça, 14 Novembro 2017
O governo provincial da Zambézia está a mobilizar recursos financeiros para resolver, de modo definitivo, a crise de água potável que afecta cerca de cento e vinte mil munícipes da cidade de Mocuba, há mais de 20 anos. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quinzenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,29 61,43
ZAR 4,28 4,36
EUR 70,24 71,57

06.11.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

NA minha permanente nostalgia da infância, lembro-me que era costume a ...
2017-11-17 23:30:00
ELE não estará na cerimónia. A irmã mais nova ...
2017-11-17 23:30:00
CONTA-SE que no último dia de um certo ano lectivo, algures numa escola ...
2017-11-17 23:30:00
ISTO tudo parece um filme com legendas surpreendentes. Sou sempre encontrado em ...
2017-11-16 23:30:00
TODOS os anos, por estas alturas, soa, tristemente, a mesma lenga-lenga. O que ...
2017-11-16 23:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 1956 visitantes em linha