Director: Júlio Manjate   ||  Director(a) Adjunto(a): 

A ZANU-PF, no poder no Zimbabwe, demitiu hoje Robert Mugabe da liderança do partido e nomeou o ex-vice-presidente Emmerson Mnangagwa como movo timoneiro, noticias as agências Reuters e a BBC.

A demissão de Mnangagwa de vice-presidente colocou ponto final a uma série de eventos políticos naquele país, incluindo sistemáticos afastamentos de membros da liderança do Estado, que descambaram na intervenção dos militares, para impedir que o Mugabe colocasse a sua esposa Grace como sua sucessora.

O comité central do partido União Nacional Africana do Zimbabwe - Frente Patriótica (ZANU-PF) reuniu-se hoje especialmente para discutir a saída do Presidente Robert Mugabe, que está em prisão domiciliária, segundo avançou a Agência France Presse (AFP).

No mesmo encontro a cúpula da ZANU-PF decidiu expulsar Grace Mugabe do partido e da liderança da liga feminina do partido.

A reunião do comité central tinha como objectivo transmitir as resoluções aprovadas sexta-feira pelas províncias, disse um membro do Zanu-PF à AFP, falando na condição de anonimato. A fonte referia-se ao apelo lançado pela esmagadora maioria das secções regionais da Zanu-PF para Robert Mugabe renunciar ao cargo de chefe de Estado.

De acordo com a televisão pública do Zimbabwe, ZBC, citada pela agência EFE, ainda hoje deverá estar a decorrer uma outra reunião, entre Robert Mugabe e os chefes do exército, no que se supõe tratar-se da segunda ronda de negociações directas entre o chefe de Estado e os militares que o mantêm retido desde terça-feira.

A ZBC tem como fonte o sacerdote Fidelis Mukonori, amigo pessoal de Mugabe, que preside às negociações que arrancaram na quinta-feira e através da qual os militares pretendem conseguir que o Presidente, de 93 anos, se demita voluntariamente para evitar uma intervenção internacional contra um golpe de Estado.

Embora os militares tenham assegurado que houve progressos com Mugabe na primeira ronda de negociações, os meios de comunicação social referem que este recusa-se a deixar o poder, onde se mantém desde 1980.

Na noite de terça para quarta-feira, o Exército assumiu o controlo do Zimbabwe apoiando Emmerson Mnangagwa, o vice-Presidente demitido na última semana pelo chefe de Estado, na sequência de uma campanha que vinha sendo desencadeada pela primeira dama, Grace Mugabe.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction