Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

Donald Trump e Kim Jong-un assinaram, terça-feira, em Singapura, um documento comum, no qual o dirigente norte-coreano se compromete com uma desnuclearização completa da península coreana.

A seguir, o texto do acordo:

O presidente Trump e presidente Kim Jong-un mantiveram uma profunda, completa e sincera troca de pontos de vista sobre questões relativas ao estabelecimento de novas relações entre os Estados Unidos e a RPDC (República Popular Democrática da Coreia) e a construção de um regime de paz sólido e duradouro na península coreana.

O Chefe do estado norte-ameruicano comprometeu-se a dar garantias à RPDC, e o presidente Kim Jong-un reafirmou o seu firme e inquebrantável compromisso com a total desnuclearização da península coreana.

Convictos de que o estabelecimento de novas relações Estados Unidos-RPDC contribuirá para a paz e a prosperidade da península coreana e do mundo, e reconhecendo que o estabelecimento da confiança mútua pode promover a desnuclearização da península coreana, o presidente Trump e o presidente Kim Jong-un declaram:

1º - Os Estados Unidos e a RPDC se comprometem a estabelecer novas relações entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte, de acordo com o desejo de paz e de prosperidade dos povos dos dois países.

2º - Os Estados Unidos e a RPDC unirão os seus esforços para construir um regime de paz duradoura e estável na península coreana.

3º - Reafirmando a Declaração de Panmunjom de 27 de Abril de 2018 (publicada em uma cúpula intercoreana, N.R.), a RPDC se compromete a trabalhar para a desnuclearização completa da península coreana.

4º - Os Estados Unidos e a RPRC se comprometem a recuperar os restos mortais de prisioneiros de guerra e desaparecidos em acção, incluindo o repatriamento imediato dos já identificados.

Reconhecendo que a cúpula dos Estados Unidos/RPDC, a primeira deste tipo, é um evento marcante, que nesta data vira a página de décadas de tensão e de hostilidades entre os dois países e augura um novo futuro, o presidente Trump e o presidente Kim Jong-un se comprometem a implementar as disposições desta declaração conjunta de maneira incansável.

Os Estados Unidos e a RPDC se comprometeram a realizar negociações de acompanhamento, conduzidas pelo secretário de Estado, Mike Pompeo, e um homólogo de alto nível da Coreia do Norte, para implementar os resultados da cúpula dos Estados Unidos/RPDC.

Donald Trump e o seu homólogo Kim Jong-un se comprometem a cooperar para o desenvolvimento de novas relações entre os Estados Unidos e a RPDC e a promoção da paz, da prosperidade e da segurança da península coreana e do mundo".

Kremlin saúda diálogo directo  EUA e Coreia do Norte

O Kremlin saudou hoje o início do diálogo directo entre o presidente de Estados Unidos, Donald Trump, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, mas sublinhou que não se deve esperar soluções rápidas.

"Devemos saudar o simples facto de a reunião se ter celebrado e o diálogo directo se tenha estabelecido”, disse o porta-voz da Presidência russa, Dmitri Peskov, citado pela Lusa.

A mesma fonte sublinhou que em cima da mesa estão questões complicadas, “pelo que seria errado esperar que esses problemas de longa data fossem solucionados numa hora.

Trump e Kim Jong-un realizaram na terça-feira a primeira cimeira da história entre os líderes dos dois países, durante a qual se comprometeram a "construir um regime de paz duradouro e estável na península coreana".

Um simbólico aperto de mão deu início ao primeiro encontro entre os líderes dos dois países depois de quase 70 anos de confrontos políticos no seguimento da Guerra da Coreia (1950-53) e de 25 anos de tensão sobre o programa nuclear de Pyongyang.

Japão lança novo satélite para monitorar Coreia do Norte

O Japão lançou ontem, terça-feira, um satélite de inteligência destinado a monitorar as instalações militares da Coreia do Norte e a capturar imagens de áreas afectadas por desastres naturais, informou a Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (JAXA).

O satélite, de tipo radar, foi lançado com um foguete H-2A às 13h20 locais a partir do centro espacial de Tanegashima, na província de Kagoshima (sudoeste), indicou a JAXA em comunicado, citado pela Angop.

"O foguete voou segundo o planificado e o satélite de colecta de dados se separou adequadamente", confirmou a agência aeroespacial.

Esse tipo de satélite captura ondas de rádio reflectidas do solo e é capaz de fazer imagens sem que estas sejam afectadas por fenómenos meteorológicos e durante a noite.

Com o lançamento de ontem, o governo japonês conta com quatro tipos de satélites operacionais e com mais dois aparelhos de reconhecimento óptico, que captam fotografias a longa distância.

Sábados

CLICKADAS

TEMA DE ...

A multiplicidade étnica e religiosa é, sem dúvida, uma ...

...

A busca por um sistema educacional que incluísse as línguas, ...

Conselho de administração

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

Siga-nos

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction