Director: Júlio Manjate   ||  Director(a) Adjunto(a): 

O ANC gastou a parte melhor das celebrações do seu 107º aniversário, esta terça-feira, mostrando que é um partido unido e que não havia nenhuma tensão entre o seu actual presidente e Chefe do Estado sul-africano, Cyril Ramaphosa, e o seu predecessor, Jacob Zuma.

Zuma, também ex-presidente da África do Sul, participou de uma série de eventos ao lado de Ramaphosa para marcar o aniversário do mais antigo movimento de libertação de África.

Isso incluiu assistir a um serviço religioso, visita do túmulo do presidente fundador do ANC, John Langalibalele Dube, e um comício em Ohlange, Inanda, na província do KwaZulu-Natal

O ex-chefe do Estado sul-africano também recebeu aplausos arrebatadores quando entrou na tenda onde o encontro teve lugar e cada vez que o seu nome foi mencionado por oradores no pódio.

Ramaphosa defendeu o bom relacionamento com o seu antecessor e negou relatos de supostos conflitos entre os dois.

“Nós trabalhamos juntos por muito tempo. Em 1991 fui eleito secretário-geral. O camarada Zuma era meu ajudante, trabalhávamos bem juntos (...). Depois disso, Zuma foi eleito vice-presidente, depois presidente, ele serviu por cinco anos, depois disso, ele disse 'venha trabalhar comigo', então me tornei no seu vice. Fui eleito presidente. Ele está aqui agora, ele é o ex-presidente”, disse Ramaphosa.

“Damo-nos muito bem”, acrescentou o líder do ANC.

O também presidente sul-africano disse à multidão que ele se considerava "sortudo" por poder ter ex-presidentes ainda vivos que o podem assistir, referindo, além de Jacob Zuma, a Thabo Mbeki e Kgalema Motlanthe.

“Eles têm experiência e conhecimento (...). Então digo-vos a verdade, sou um dos presidentes mais sortudos nos últimos anos do ANC”, afirmou.

Noutra manifestação de unidade do partido, o líder do ANC no KwaZulu-Natal, Sihle Zikalala, atacou alegações de que a maior província do ANC era uma área ‘proibida’ para Ramaphosa.

“É o que nos chamam, mas é um boato. Venha estar connosco durante a campanha (para as eleições gerais de Maio)”, disse Zikalala, lembrando que durante todo o ano passado Ramaphosa “estava aqui trabalhando connosco".

O Presidente Ramaphosa elogiou os líderes do partido em KwaZulu-Natal, afirmando que a província é a mais unida que o ANC tem no país.

(NEWS24)

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction