Imprimir
Categoria: Internacional
Visualizações: 463

OS aviões 737 Max daBoeing deixam de voar, pelo menos temporariamente. A multinacional norte-americana de aviação decidiu quarta-feira colocar em terra a sua frota global daquele modelo deaeronaves, depois que os investigadores descobriram novas evidências na cena do acidente da Ethiopian Airlines, que tirou a vida a 157 pessoas, entre as quais o moçambicano Marcelino Tayob. Leia mais