O Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres condenou, ontem à noite, a escalada da violência em torno da capital líbia, Tripoli, e pediu a suspensão imediata dos combates militares liderados pelo militar, Khalifa Hafter.

“António Guterres lembra que não há solução militar para o conflito na Líbia e pede a todas as partes que se envolvam, imediatamente, em diálogo para encontrar uma solução política” disse o porta-voz de Guterres, Stéphane Dujarric.

Cerca de 2.800 pessoas foram forçadas a sair de Tripoli e arredores, devido ao recrudescer do conflito, uma ofensiva militar do marechal Khalifa Hafter sobre a capital líbia, anunciou a coordenadora humanitária das Nações Unidas naquele país.

Mais de 30 pessoas morreram e outras 50 ficaram feridas desde o início da ofensiva do marechal Haftar contra a capital líbia, na quinta-feira, revela um novo balanço do Ministério da Saúde do Governo de União Nacional.

Violentos combates nas proximidades de Trípoli opuseram, no domingo, as forças paramilitares do marechal Haftar, que quer conquistar a capital, e as tropas do Governo de União Nacional (GNA, sigla em inglês), administração líbia reconhecida pela comunidade internacional.

Os Estados Unidos pediram, entretanto, “um cessar imediato” da ofensiva do marechal Haftar e a União Europeia pediu o fim da ofensiva militar de Haftar para evitar guerra civil.

As grandes potências não conseguiram ainda encontrar no âmbito da Organização das Nações Unidas (ONU) uma posição comum sobre a crise na Líbia.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction