O caderno “Especial 90 anos” que o estimado leitor tem em mão foi produzido no contexto da celebração dos 90 anos do jornal Notícias, e resulta do imperativo de se sistematizar a rica história deste matutino, cujos fragmentos (ainda) se encontram dispersos por várias fontes.

Hoje podemo-nos dar por felizes pelo acervo disponível de materiais escritos sobre a história do Jornal Notícias em particular, e da Imprensa em Moçambique, de modo geral, mas nada disso afasta a urgência que há de se enriquecer toda essa cronografia guardada nas estantes do Arquivo Histórico de Moçambique, na Biblioteca Nacional ou até no Arquivo da Sociedade do Notícias, com testemunhos vivos, de fontes orais que continuam entre nós, e que guardam memórias de factos relevantes que foram marcando o percurso deste jornal, que se constrói há 90 anos.

A urgência deste exercício não está apenas no risco de, nalgum momento, algumas dessas fontes não mais estarem disponíveis ou pelo menos em condições de partilhar a informação que guardam, mas também, e sobretudo, na responsabilidade que temos, como jornal, de escrever a história do nosso país, tal como vimos fazendo ao longo das últimas nove décadas.

Este suplemento que hoje lhe oferecemos ilustra parte desse nosso compromisso com a história de Moçambique, com a história dos moçambicanos.

Mesmo a iniciar esta nossa viagem pela história do Notícias, a Presidente do Conselho de Administração da Sociedade do Notícias, SA, Prof. Dra. Esselina Macome, refresca-nos a mente com alguns elementos de contextualização sobre a importância estratégia da comunicação social nas sociedades actuais, sublinhando depois o papel que o Jornal Notícias foi jogando ao longo dos anos, enquanto ferramenta de promoção do bem-estar colectivo, de educação de gerações e, sobretudo de construção de uma opinião pública lúcida.

A seguir ela aponta a luz para o horizonte, indicando alguns dos desafios que a sociedade do Notícias, em geral, e o jornal Notícias, em particular, têm pela frente, numa altura em que o mundo é confrontado com mudanças de paradigmas de convivência social, determinadas pelas novas tecnologias de informação e comunicação.

Num artigo baseado numa revisão bibliográfica, trazemos as principais etapas da trajectória do jornal, desde os contornos à volta da sua criação, passando pelas vicissitudes por que foi passando nos primeiros anos da sua existência, até aos grandes momentos marcados sobretudo por inovações tecnológicas que introduziram novas formas de pensar e de fazer o jornal.

Para complementar esta abordagem, trazemos de vários pontos do país, entrevistas e depoimentos de diversos colaboradores do jornal, desde gestores editoriais e administrativos até jornalistas e operários oficinais, reformados e no activo, que partilham as suas vivências e experiências de relação com este nonagenário matutino.

Em suma, procuramos trazer para este caderno relatos na primeira pessoa de actores que, nalgum período da história, se envolveram directamente na produção do jornal. No entanto, e como em tudo na vida, há vontades que por vezes não passam disso, porque no fim, descobrimos que nem todos tinham a mesma determinação e motivação para participar desta cruzada que, apesar de tudo, nos deixa orgulhosos, com um sentimento de dever cumprido e, sobretudo, felizes por ter participado de mais este exercício de sistematização da história do Notícias e, por que não, da história da imprensa em Moçambique.

Por tudo isso e muito mais, estamos todos de parabéns.

Votos de uma boa leitura.

O Director Editorial - Júlio Manjate

Versão-Impressa


Mais recentes

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 20 Janeiro 2017
INICIA oficialmente hoje, no país, o ano lectivo 2017. Com ele, começa uma longa caminhada de ensino e aprendizagem que, este ano, vai cumprir um calendário ajustado ao compromisso que o país tem, nomeadamente realizar o Recenseamento Geral da População e... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
DIZ PRESIDENTE DO MUNICÍPIO DO DONDO: Pressão...
Segunda, 23 Janeiro 2017
O PRESIDENTE do Conselho Municipal do Dondo, o segundo maior centro urbano da província de Sofala, localizado a 30 quilómetros da cidade da Beira, revelou há dias em entrevista ao nosso jornal que alguns nacionais que adquiriram parcelas de terras, alegadamente para realizar investimentos, estão a envolver-se em esquemas fraudulentos de venda, a avultadas somas... Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quizenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 70,49 70,59
ZAR 5,21 5,22
EUR 75,67 75,77

24.01.2017   Banco de Moçambique

Temperatura

24.01.2017    INAM

Opinião & Análise

NA semana passada, a cidade de Nampula foi marcada por uma polémica ...
2017-01-24 07:34:18
  NOS dias que correm, a comunicação é uma ferramenta ...
0000-00-00 00:00:00
TUDO acontecia pela primeira vez. Era a primeira vez que viajava de avião. ...
0000-00-00 00:00:00
HOJE acordei sem vontade de acordar. Sentei-me na cama, olhei para o computador. ...
2017-01-22 08:59:34
O RÁPIDO desenvolvimento económico que a Turquia tem registado nos ...
2017-01-24 08:28:47
ACREDITO que cada um de nós tenha uma história contada ou vivida sobre ...
2017-01-22 08:51:31
A VOZ da indignação chega-nos quando estamos sentados ao sofá, ...
2017-01-23 06:20:07
SIRVO-ME deste meio para felicitar a nossa Polícia de Trânsito que ...
2017-01-23 06:41:40
O CONSELHO Municipal da Matola acaba de anunciar que vai de novo levar a cabo, ...
2017-01-22 08:56:08
RECEBEU a comunicação de que uma extensa área de cultura do ...
2017-01-24 07:40:30

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa
  • Natal

Quem está online?

Temos 1343 visitantes em linha