O Jornal Notícias comemora amanhã, 90 anos de existência. É obra! São noventa anos de uma contribuição ininterrupta na construção de uma sociedade melhor, correctamente informada sobre os factos e fenómenos ao seu redor. São noventa anos de uma longa e desafiante jornada visando garantir informação de qualidade para os cidadãos, de modo que possam tomar decisões mais responsáveis e reflectidas sobre as suas vidas.

Hoje, e como sempre, o jornal Notícias pugna por valores de profissionalismo, ética e responsabilidade no jornalismo que faz, porque reconhece a importância e o valor da informação como factor determinante do desenvolvimento social e económico de uma nação.

Nos dias que correm a indústria de comunicação social está cada vez mais forte. Finalmente, a sociedade reconhece a importância da comunicação social, em geral, e dos jornais, em particular, na promoção do bem-estar colectivo, na educação das gerações e, sobretudo na construção de uma opinião pública esclarecida.

Ao longo da sua rica trajectória o Jornal Notícias cruzou épocas e momentos distintos da história do nosso país. Hoje, a sua história confunde-se com a da comunicação social em Moçambique, e até com a da nação que foi retratando ao longo dos anos.

É desta convicção que nasceu o slogan “Notícias, 90 anos escrevendo a história de Moçambique”.

O Notícias testemunhou factos da história colonial em Moçambique, sendo hoje um incontornável repositório desse passado ao qual muitas vezes recorremos para compreender o presente e projectar melhor o nosso futuro colectivo.

Mais do que isso, o Notícias foi e é uma grande escola para muitos moçambicanos. Renomados jornalistas deram neste jornal os primeiros passos e se forjaram como profissionais, alguns dos quais acabaram mesmo por se tornar referências no jornalismo.

Ainda hoje, o Notícias continua a ser essa escola que onde jovens jornalistas encontram espaço para trilhar passos determinados na sua formação, como Homens e como profissionais.

Estamos atentos à nova tendência que os cidadãos têm de procurar informação em qualquer momento e circunstância, o que vai se tornando cada vez mais fácil com a crescente disponibilidade de plataformas digitais. Mais do que uma simples oportunidade de negócio, o Notícias vê nisso uma facilidade que encurta o seu caminho de encontro ao seu público leitor, uma rota que se abre à massificação da informação enquanto um direito consagrado na Constituição da República.

O tempo de consumo de informação aumentou no mundo inteiro, e nós temos a responsabilidade de aumentar a nossa capacidade de prover esse serviço aos nossos leitores, em quantidade e com qualidade, um desafio que, aliás, vem caracterizando a nossa maneira de estar na indústria de comunicação social.

Isso justifica toda a aposta que se vem fazendo no desenvolvimento de iniciativas estruturantes para fortalecer o uso de plataformas digitais para a pesquisa, produção e divulgação de informação relevante para a sociedade.

Prova desse nosso desejo é o facto de, hoje, os produtos da sociedade Notícias, os jornais Notícias, Domingo e Desafio poderem hoje ser lidos no formato digital, o que permite que os mesmos possam ser lidos muito para lá das nossas fronteiras nacionais.

Na verdade, é em direcção ao mundo digital que os jovens emigram em busca de informação e conhecimento e, como jornal, não queremos perder a oportunidade de fazer parte desta fase da história de Moçambique, tal como vimos fazendo há noventa anos.

Queremos continuar a ser relevantes na indústria da comunicação social em Moçambique, porque temos responsabilidades na educação e formação da consciência dos moçambicanos.

Versão-Impressa


Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 23 Junho 2017
DOIS momentos marcaram esta semana o contacto entre o Banco de Moçambique e a comunicação social, nomeadamente o ponto de situação da economia nacional e os esclarecimentos à volta do processo que culminou com a venda do Banco Moza à Kuhanha –... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Mandimba faz de tudo para não passar fome
Terça, 27 Junho 2017
Há cada vez menos pessoas a se envolverem no cultivo e comercialização de tabaco, no distrito de Mandimba, província de Niassa, desânimo associado à falta de chuvas que se registou na campanha agrária passada e que provocou prejuízos enormes aos produtores. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quizenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,83 60,97
ZAR 4,66 4,75
EUR 66,81 68,07

22.06.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

UM dos temas mais debatidos nos últimos dias, no país, tem a ver com a ...
2017-06-28 07:45:45
UM jornal da praça publicou recentemente uma entrevista concedida pelo ...
2017-06-28 07:43:52
CONTRA as minhas próprias convicções, sou impelido a concordar ...
2017-06-27 06:45:03
ESTÁ um frio do catano. Me penetra até aos ossos, que os imagino ...
2017-06-27 06:43:12
EM 1975, eu ainda era pequeno. Com a idade que tinha, naturalmente não me ...
2017-06-26 07:35:13

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 2569 visitantes em linha