Imprimir
Categoria: Opinião & Análise
Visualizações: 2589

Um cidadão chinês, de 29 anos de idade, contraiu ferimentos graves na manhã de hoje, depois de ter sido baleado na perna direita por dois indivíduos, na sua residência, no prédio Acácio Viera, na Cidade de Quelimane.

O facto ocorreu por volta das oito horas. Após o baleamento, os malfeitores apropriaram-se de 46 mil meticais da vítima, que posteriormente foi socorrida para cuidados médicos no Hospital Geral de Quelimane.

A Polícia da República de Moçambique na Zambézia disse estar a trabalhar para capturar e responsabilizar os malfeitores.

Entretanto, a corporação na Zambézia recuperou, no primeiro trimestre deste ano, trinta armas que se encontravam nas mãos de assaltantes. O Comandante provincial da PRM nesta província, Francisco Madiguida, disse ontem por ocasião do 43º aniversário da corporação que das trinta armas, vinte são do tipo pistola e três AKM.

Fernando Madiguida reconheceu que a corrupção no seio da Polícia está enraizada mas os maus agentes estão a ser expurgados, com vista à purificação das fileiras.

Segundo Madiguida, a corporação precisa de mais recursos humanos e materiais para combater todo o tipo de crimes, já que no período em análise, a criminalidade reduziu em 110 casos, ao sair de 625 no ano passado para 517.