Director: Júlio Manjate   ||  Director(a) Adjunto(a): 

Uma notícia interessante, bombástica até, é como classifico a informação posta a circular pela comunicação social, de que os cidadãos de nacionalidade chinesa que se envolverem em práticas nocivas ao meio ambiente, pelo mundo fora, devem ser punidos pelas autoridades dos países lesados.

Trata-se de uma medida que visa mostrar a intolerância implacável da República Popular da China no combate às mais variadas ameaças à sustentabilidade e vida do planeta.

A China, ou melhor, alguns cidadãos chineses, algumas empresas chinesas, são notícia em muitos países, nem sempre pelas melhores razões. Com excepções dignas de destaque, Moçambique e Angola, em relação aos quais tenho acesso a informação sobre o comportamento de cidadãos e de algumas empresas daquele país, são fontes seguras para a obtenção de dados, abonatórios uns e desabonatórios outros.

Quando as autoridades chinesas falam de punir os chineses que estejam envolvidos em práticas nocivas ao meio ambiente, vem-me à memória, a avidez e violência com que empresas chinesas exploram a nossa madeira. Uma voracidade que atinge, entre outros países, Moçambique e Angola. Uma prática que não olha a limites. Uma apetência igual a fome que outras empresas, também chinesas “sentem” em relação ao carvão mineral, ao gás e a muitos outros minérios. Essa fome, que parece difícil de saciar, tem por finalidade satisfazer a demanda imposta pelos seus inúmeros projectos de desenvolvimento económico.

Como é do domínio público, a exploração desenfreada e desmedida dos recursos florestais tem consequências imprevisíveis a curto e médio prazos. Pois, ao se desmatar uma área onde “viviam” as árvores arrancadas fica no imediato desprotegida, sujeitando-se a processos de erosão, muitas vezes irreversíveis.

Como é bom de ver, a longo prazo, as consequências da exploração madeireira são devastadores. Tais consequências podem resultar desflorestações sem precedentes. Estas podem resultar de corte em grande escala das árvores. Mas também podem ter como consequência, incêndios de grandes proporções que levam ao desaparecimento completo e permanente das florestas.

Presentemente, grande parte das acções que resultam na destruição das matas um pouco por todo o mundo, são da responsabilidade dos seres humanos. Embora algumas dessas acções sejam provocadas de forma involuntária, outras, a maior parte, são feitas conscientemente. Entre elas aponta-se o corte de madeira, que é um elemento essencial para várias aplicações industriais.

O problema da desflorestação é agravado pela ausência da reposição das espécies retiradas. E aqui, as responsabilidades podem ser assacadas a vários destinatários: a) aos governos, que no momento de aprovarem os pedidos para a exploração madeireira, “esquecem-se” de determinar, com carácter obrigatório, a reposição das espécies retiradas, e b) os exploradores, que mesmo sabendo (porque determinado através de ordens expressas em documentos), da necessidade de plantarem novas árvores, pura e simplesmente fazem vista grossa mandando passear as autoridades.

Não sendo um fenómeno novo, a desflorestação vem conhecendo uma extensão e ritmo acelerados nas últimas décadas. Na verdade, os processos de desmatamento conheceram uma grande intensificação no século passado, atingindo particularmente as florestas tropicais, que são ecossistemasde enorme importância ambientalpor várias razões. Com efeito, estes são fontes de inúmeros produtos úteis para o ser humano, tais como madeira, substâncias medicinais, frutos e fibras, entre outras finalidades. Rezam as crónicas que cerca de 1,6 bilhões de pessoas ganham a vida hoje em alguma actividade ligada às florestas. Cerca de 60 milhões de indígenasem todo o mundo dependem exclusivamente delas para sua subsistência.

Marcelino SilvaEste endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction