Director: Júlio Manjate   ||  Director(a) Adjunto(a): 

SABE, já estava cansada. Fui falar com o vovó Maurício. Fiz a mesma pergunta: porquê o meu irmão já não fala?

O velhinho olhou-me e disse:

- Filha, se quiseres saber algo sobre alguém, deves perguntar a esse alguém.

-Não percebi vovó. O que disse? 

- Pergunta ao teu irmão por que já não fala, vai dizer-te.

Saí dali a correr, eram 17:00 horas. Tinha de tomar banho. Mamã como me esfregou!!! Disse que meus pés estavam muito sujos.

Jantamos, era domingo, e ouvimos histórias no Xirico. Fiquei com sono, dormi enquanto as pessoas da rádio ainda falavam.

No dia seguinte, enquanto comíamos xiquento na panela, ganhei coragem e perguntei porque ele não fala. Mano me olhou, ficou calado por muito tempo. Meti a minha colher na panela e na boca umas 10 vezes e Paulito não dizia nada.

Meu irmão como é teimoso, pensei que falaria, mas não falou. Paulito pegou na minha colher, bateu com um dedinho a minha mão e levou a panela que tinha caril de couve e arroz misturado.

 - Mano, depois me dá a panela para eu lamber aquelas partes de cima que eu gosto.

- Não!

- Mano falaste! Mano Paulito, falaste!

- Fatiminha, eu não preciso falar. Vovó Maurício disse que Deus está a escutar tudo que falo.

- Mas como esse senhor te escuta a falar?

- Vovó disse que ele está em todo lugar, escuta tudo, falamos com ele quando estamos de joelhos. Para falar com ele não precisamos abrir a boca.

- Esse Senhor deve ter orelhas grandes ou muitas orelhas.

- Cala, ele está te escutar agora.

- Desculpa.

- Eu só vou falar com todos quando Deus falar comigo.

- Mas já falaste comigo.

- Cala!

Quando sai dali, nem corri, fechei a boca e disse que também não quero falar.

Hélio Nguane

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction