Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

A UMA determinada altura do percurso da nossa história, como país soberano, foram criadas autarquias, de várias motivações, como forma de se levar a gestão das cidades e (algumas) vilas para o próprio cidadão. Era uma forma de convite ao exercício de cidadania, até então distante das mentes de muitos de nós, que viam estes assuntos de gestão da coisa pública como sendo “deles”, com referência aos dirigentes políticos.

Muito trabalho foi feito e continua sendo realizado, no sentido de fazer perceber até ao mais pacato cidadão que o chão que cada um pisa também lhe pertence e que se ele não faz nada pra o preservar, ninguém o fará por ele. Nem mesmo “aquele” que está na sua direcção o fará devidamente se não tiver a colaboração de nós “outros”, como de forma recorrente temos ouvido nas conversas de esquina.

É nesta luta pela busca de valores de cidadania que ouvimos expressões como “postura camarária”, “urbanidade”, entre outras, como chamada de atenção para comportamentos afins, nos nossos municípios. É que, por questões de diferenças geográficas e ambientais e não propriamente por razões de defeitos, atirar cascas de frutas ao chão, depois de consumida, ou outro tipo de lixo, não tem o mesmo impacto na zona urbana e rural, embora sempre se defenda a obrigatoriedade de se ter um local apropriado para o efeito. Seja no campo, como na cidade.

Neste exercício de cidadania, alguns municípios têm sido felizes e outros ainda em busca desta felicidade. É certo que cada município é um e é igualmente singularizado (também) pela conduta dos seus habitantes que, não poucas vezes, até conseguem obrigar a mudanças comportamentais temporárias nos seus visitantes. Sim, porque os que atiram lixo pelas janelas de viaturas nos seus municípios, sabem dizer, uns aos outros, que nesta ou naquela cidade, a postura é diferente. A infelicidade, neste exercício, é que, no lugar de se inspirarem nestas boas práticas, retornam às suas, no momento de regresso a casa.

Em tempos que já lá vão, fiz alusão a algumas práticas que particularizam a cidade de Xai-Xai, como município, dando exemplo do rigor no cumprimento do horário comercial e da postura dos peões e automobilistas nas rodovias, ao ponto de se espantarem, os munícipes locais, nas situações em que um condutor ignora a passadeira e ameaça a integridade física dos legítimos utentes.

Hoje, trago mais uma manifestação do exercício de cidadania, que tenho visto e vivido com bastante agrado: a filantropia de alguns cidadãos de Xai-Xai. Há algumas semanas foi entregue uma rua, totalmente pavimentada, bem mesmo no coração da cidade, ligando a EN1 e a chamada estrada de Wenela. Outras antes já haviam sido reabilitadas, nos mesmos moldes, como a que parte do famoso “Podido” ao Mercado Limpopo. São cidadãos que, dentro das suas possibilidades e limitações, dão um pouco de si, para que Xai-Xai se torne um município aprazível de se estar e visitar, para o pleno aproveitamento do seu invejável potencial turístico.

Não faço referência aos nomes dos filantropos, porque não tenho a devida autorização, ainda que também não tenha proibição. Mas percebo que não fazem questão de “aparecer”, preferindo o exercício da sua generosa cidadania no anonimato. Gestos raros e de aplaudir.

E cá, entre nós, com o projecto “Uma Escola, Um Jornal”, do “Notícias”, a nossa expectativa é que estes e mais filantropos também se juntem à causa do melhoramento do gosto pela leitura, nos nossos estudantes, pois através dela muitos valores se podem assimilar. Jogando limpo(po), claro...

César Langa-Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Comments

Sábados

TEMA DE ...

A alegoria da caverna de Platão é esclarecedora quanto ...

CLICKADAS

...

José Craveirinha, o nosso poeta maior, escreveu: “O ...

Conselho de administração

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

Siga-nos

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction