Director: Júlio Manjate   ||  Director(a) Adjunto(a): 

Opinião

Politica

Decorre este sábado e domingo um encontro para a apresentação das contribuições das auscultações feitas pela Sociedade Civil sobre o Anteprojecto da ...

quarta, 21 novembro 2018
Leia +

Nacional

A primeira fábrica de leite esterilizado em Moçambique está a ser construída no distrito de Sussundenga, na província de Manica, prevendo-se que venha a cobrir ...

quarta, 21 novembro 2018
Leia +

Autárquicas 2018

A VOTAÇÃO nas oito mesas cujos resultados foram anulados pelo Conselho Constitucional na autarquia de Marromeu, em Sofala, deverá ser repetida até ao dia 25 de Novembro ...

quinta, 15 novembro 2018
Leia +
Pub
SN

Desporto

A SELECÇÃO Nacional de Futebol de Sub-23 joga esta tarde (15:00 horas) cartada decisiva em Manzini frente à sua congénere de eSwatini, na segunda “mão” ...

terça, 20 novembro 2018
Leia +

Economia

O GOVERNO vai continuar a apoiar o desenvolvimento da pesca sustentável, introduzindo reformas que garantam a preservação dos recursos pesqueiros para as gerações ...

quarta, 21 novembro 2018
Read more

Tecnologias

O Governo dos Estados Unidos, através do Projecto Feed the Future, Comércio de Sementes da África Austral, anunciou ontem uma doação de cem mil dólares ...

quarta, 21 novembro 2018
Leia +

AS FESTAS!...

EM boa verdade elas, sobretudo as que se avizinham, são muito boas. Permitem-nos aplacar o “stress”, depois de 365 dias de intensa actividade. Seja ela laboral, estudantil ou de outra índole. Mas também, em boa verdade, elas “surripiam” o nosso dinheiro. Com elas, os gastos são elevadíssimos.

Em períodos festivos – tal é o caso em que se aproxima o Natal e o Fim de Ano – a azáfama é grande. Maior ainda se torna porque, até então, o salário não foi solvido e os preços dos produtos de primeira necessidade não param de flutuar no mercado. Para maior desagrado ainda, a entidade patronal não se pronuncia se paga ou não o décimo terceiro salário e as algibeiras já não tilintam há vários dias. “Patrão é patrão”, segundo apregoa o melódico Mc Roger.

Em períodos festivos, embirra-me porém, ouvir constantemente da Inspecção Nacional das Actividades Económicas (INAE) que se regista uma estabilidade de preços dos produtos alimentares, particularmente os de primeira necessidade. Esta percepção do INAE contraria o que está a acontecer no mercado. O peixe de segunda qualidade, estou a falar do carapau, a base de alimentação para muitos moçambicanos, o frango, as farinhas de milho e de trigo, o açúcar, o arroz, a batata e a cebola, a dúzia de ovos, o tomate e o alho, o feijão e o óleo alimentar já estão a ser comercializados a preços altamente especulativos. Não sei o que vai ser da cerveja e do refresco a partir da próxima semana. Oxalá os preços se mantenham, a bem das festas.

Bem gostaria de me cruzar com os agentes do INAE que se diz trabalharem nos mercados, no quadro da fiscalização dos preços, para lhes confrontar com esta realidade “nua e crua”, como sói dizer-se. A mesma INAE, a quem tiro chapéu no que tange à busca de higiene e limpeza nos estabelecimentos de restauração e bebidas, aconselha-nos a comprar os produtos com antecedência para evitar o oportunismo de alguns agentes que, por estes períodos, procura o enriquecimento ilícito, praticando preços proibitivos. O conselho é muito bom demais, mas como segui-lo se as carteiras estão ocas e os bolsos furados.

É bom que a INAE continue a trabalhar nos principais mercados, incidindo fundamentalmente nesta questão do controlo dos preços dos produtos, quantidade e qualidade dos mesmos para que os moçambicanos tenham festas verdadeiramente felizes.

Pessoalmente aconselho a que evitemos excessos. Adquirir o essencial e evitar que as festas nos roubem tanto dinheiro. Dinheiro útil para a implementação de outras agendas. Tenhamos em atenção o que serão os nossos caixotes de lixo ao longo dos próximos dias: tanta comida desperdiçada, tanta garrafa, tanto pacote, tanto plástico que só constitui constrangimento para cada um de nós porque o carro da recolha de resíduos sólidos tarda ou jamais passa.

Salomao Muiambo-Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction