Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

Opinião

Politica

A província de Nampula recenseou, até quinta-feira, último dia do processo, 1.081.490 potenciais eleitores, o que representa 92.37 por cento da meta projectada.

segunda, 21 maio 2018
Leia +

Economia

O Ministério da Indústria e Comércio, com o apoio do Grupo Banco Mundial, realiza hoje, em Maputo, o lançamento de um estudo do “Doing Business” a nível ...

domingo, 20 maio 2018
Read more
Pub
SN

Desporto

O FERROVIÁRIO de Maputo recebeu e derrotou ontem, no Estádio da Machava, a Liga Desportiva, por 1-0, e alargou a vantagem sobre os concorrentes ao primeiro lugar do ...

domingo, 20 maio 2018
Leia +

Nacional

A HIDROELÉCTRICA de Cahora Bassa (HCB) desembolsou 25.7 milhões de meticais (cerca de 429 mil dólares americanos) para a construção de um centro de saúde ...

segunda, 21 maio 2018
Leia +

A MULTINACIONAL americana General Electric Moçambique acaba de doar mais de 700 mil meticais à Plataforma Makobo, uma instituição social sediada em Maputo, para o apoio a pessoas desfavorecidas.

O montante destina-se à instalação de uma padaria solidária que, mais do que produzir pão, irá apoiar nutricionalmente cerca de duas mil crianças no presente ano e proporcionar oportunidades de formação profissional e emprego para cerca de 80 jovens vivendo nas ruas da cidade de Maputo.
Falando por ocasião da entrega do respectivo cheque, o Director-Geral da General Electric (GE), Ricardo Aboud, disse que “a doação feita à Plataforma Makobo é a reafirmação do compromisso da multinacional americana em apoiar projectos sociais em Moçambique e em todos os espaços onde opera.
“A Makobo, pelas suas actividades, persegue objectivos com os quais a General Electric está profundamente sensibilizada. Foi nesse espírito que decidimos apoiar o projecto de construção de uma padaria solidária para beneficiar crianças desfavorecidas”, disse Aboud, citado num comunicado daquela empresa enviado à AIM este fim-de semana.
Acrescentou que os projectos sociais da GE são, também, fruto da iniciativa dos colaboradores da empresa e acontecem com a participação destes.
“Na GE procuramos cultivar um ambiente de compromisso social e de sustentabilidade que se traduz por si só numa acção dos funcionários da empresa sem que a mesma tenha uma supervisão ou uma característica de obrigação. A GE cultiva um ambiente positivo de maneira que incentiva o funcionário a identificar projectos sociais, e que voluntariamente trabalha para que os mesmos se materializem”, explicou Aboud.
Por sua vez, Ruy M. Santos, fundador da Makobo e responsável pelo projecto, destacou que a organização que dirige, até 2020, espera apoiar cerca de um milhão de crianças, dos três aos 17 anos, que frequentam o ensino primário público, residentes em bairros degradados em todo o país, através das iniciativas “padaria solidária e lancheira solidária”.
Este gesto, segundo ele, visa contribuir para a redução das elevadas taxas de malnutrição e desnutrição crónica, analfabetismo, baixo aproveitamento e abandono escolar que afectam a população estudantil (45 por cento da população moçambicana).
Dos Santos apontou, ainda, a necessidade de promover formação profissional e integração social dos jovens que estão ou vivem na rua.
“Este apoio significa, por um lado, um privilégio muito grande em ter um parceiro como a GE a apoiar a nossa visão e a nossa missão, mas, por outro, conforta-nos saber que temos um empresariado nacional (neste caso apesar de ser uma empresa internacional, mas está implantada em Moçambique), disponível para nos apoiar a construir um país mais inclusivo e mais solidário”, destacou.
Dos Santos disse esperar que o envolvimento e contributo da GE seja um impulso para que outras instituições ou empresários façam o mesmo para o desenvolvimento de iniciativas sociais no país.
Segundo a fonte, esta não é a primeira vez que a GE presta apoio social para o avanço das actividades levadas a cabo pela Makobo. “É um privilégio porque a GE foi a primeira instituição que abraçou um dia de semana como dia de solidariedade, portanto, todas as sextas-feiras. Durante pelo menos dois meses, os colaboradores da GE estiveram aqui, nas nossas instalações, a confeccionar sopa e a ajudar na sua distribuição. Isso significa também o envolvimento desta instituição para o público-alvo”.
“Estamos a falar de cerca de 30 colaboradores que todas as sextas-feiras, em grupos mais pequenos, se disponibilizaram para estar connosco aqui nas nossas instalações para juntos colaborarmos para a construção de um Moçambique mais inclusivo, tolerante, equitativo, solidário, mais para todos”, sublinhou.
Sediada em Maputo, a Plataforma Makobo é um espaço de trabalho colaborativo, constituído como uma alternativa de serviço social básico, para a inserção, formação (pessoal e profissional) de indivíduos em situação de pobreza extrema.
De entre outras acções, presta apoio a pessoas desfavorecidas, através da criação de condições nutricionais, educação, alfabetização, emprego e empreendedorismo. Actualmente, este organismo apoia mais de 400 pessoas por dia, um universo de cerca de 13.000 pessoas por mês.

Sábados

CLICKADAS

...

A ROTA do desenvolvimento é uma peregrinação cheia de ...

TEMA DE ...

NO princípio do ano o Conselho Municipal da Cidade de Maputo prometeu ...

Conselho de administração

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

Siga-nos

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction