O Presidente da República, Filipe Nyusi, felicitou ontem o co-fundador da Frente de Libertação de Moçambique (FRELIMO) e veterano da luta armada, Marcelino dos Santos, pelo seu nonagésimo aniversário, celebrado ontem, 20 de Maio.

Numa mensagem enviada à Redacção do “Notícias”, o Chefe do Estado exprime, em nome de todos os moçambicanos, palavras de louvor e de felicitação ao veterano, considerando-o uma personalidade incontornável na história de libertação de Moçambique.

“Queremos usar este momento singular para celebrar, com viva emoção, a vida e obra de um homem, mostrando, com muita sinceridade e solenidade, que bem merece o enorme impacto que o seu percurso representa para cada um de nó, e para a história desta nação que heroicamente se ergue com o seu inestimável contributo”, lê-se na mensagem.

Segundo o Presidente Nyusi, hoje, o país tem uma oportunidade ímpar para, a bom som, evocar a história deste homem, que, sem quaisquer reservas, deu tudo de si para construir esta nação que se chama Moçambique, cujo percurso se entrelaça com ele próprio.

“Camarada Marcelino, celebramos o teu aniversário com a sensação de que, depois destes 90 anos de uma vida de serviço e dedicação à causa nacional, qualquer palavra se torna insuficiente para os elogios que te são merecidos. A melhor retórica para o acompanhar nesta efeméride é, sem dúvida, o nosso abraço amigo, manifestando a fraternidade que as palavras omitem ou oprimem”.

O Estadista recordou ao aniversariante que o país com o qual sonhou junto de Mondlane e outros camaradas está a trilhar pelos caminhos da paz, desenvolvimento e prosperidade.

“As árvores que plantaste, os textos que escreveste, as lutas que travaste são, hoje, a razão da nossa força para continuarmos a lutar pela emancipação de um povo, cujo passado esteve sequestrado pelo colonialismo. Continuaremos na linha da frente para garantir que cada moçambicano viva os frutos da independência e desfrute do sonho de um Moçambique, onde todos partilhamos a nobreza da liberdade e o sabor do progresso”, diz ainda o Presidente da República.

Na mensagem, o mais alto magistrado da nação afirma que os camaradas que acompanharam Marcelino dos Santos na grande epopeia pela libertação desta pátria heróica, os seus filhos e outros milhões de moçambicanos juntam-se, hoje, à sua família para, de viva voz, felicitá-lo.

“Saudamos, a ti Kalungano, pelo teu aniversário, e à tua família que, ao longo deste percurso de vida, tem-no apoiado e amparado incondicionalmente. Parabéns por cada gota de suor e labor dedicado para que este povo, hoje, tivesse um lugar chamado nação. Hoje e sempre, Kalungano, nosso herói nacional, mereces muitas homenagens e carinho, deste povo, pelo qual lutaste e deste toda a tua inteligência e sempre mostraste prontidão”, refere ainda o Chefe do Estado.

Comments

O SECRETÁRIO-GERAL da Organização da Juventude Moçambicana (OJM), Mety Gondola, apelou aos jovens para se envolverem mais no processo eleitoral em curso, recenseando-se, primeiro antes do dia 30 de Maio, para poderem exercer o direito de votar e ser eleitos. LEIA MAIS

Comments

O Estado moçambicano e a República de Seychelles rubricaram hoje três acordos de cooperação bilateral em vários domínios.

Os acordos vão viabilizar a cooperação entre os dois estados e acontece depois de conversações entre o Presidente Filipe Nyusi e o seu Homólogo, Dennis Faure, que se encontra no país desde ontem.

Os instrumentos de cooperação incluem as áreas de segurança e ordem pública, transportes e comunicações e noutro domínio entre os dois países.

Na tarde de hoje, a presidente da Assembleia da República, recebeu Dennis Faure e sua delegação.

Comments

A Polícia da República de Moçambique (PRM), na província de Tete, deteve 122 indivíduos, indiciados do cometimento de vários tipos de crimes, durante os primeiros três meses do ano em curso.

Daquele número, segundo o comandante provincial da corporação, Sérgio Age, 27 indivíduos foram indiciados de furto qualificado, 24 por condução ilegal, 16 por roubo, 13 por furto simples, oito por homicídio voluntário, cinco por suborno, quatro por burla, dois por roubo, concorrendo com homicídio.

Discursando durante as comemorações do 17 de Maio, dia em que a PRM completou 44 anos da sua existência, Age disse ainda que outros detidos foram indiciados de crimes como falsas qualidades, infanticídio, cárcere privado, ofensas corporais qualificadas e venda ilegal de livros.

“Durante este período a PRM recuperou vários bens, com destaque para 56 cabeças de gado bovino, 13 cabeças de gado caprino, três viaturas, 18 motorizadas, duas motobombas, um gerador de corrente eléctrica, 20 televisores plasma, seis painéis solares, igual número de computadores, cinco telemóveis”, entre outros, disse.

Numa avaliação geral, o comandante provincial anotou que a situação criminal tende a reduzir nos últimos tempos em Tete.

“A redução de casos criminais no primeiro trimestre do ano em curso situou-se, de forma geral, em 19,3 por cento. Registamos também o abrandamento em 26,6 por cento de homicídios voluntários, 66,6 por cento de acidentes de viação e também em casos de roubos com recursos a armas de fogo”, afirmou.

Segundo Age, no período em análise foram registados 50 casos de delito comum, contra 62, tendo havido uma redução em 12 casos, e em termos de crimes violentos praticados com recurso a armas de fogo foram registados dois nos distritos de Tsangano e Changara, contra igual número de casos ocorridos nos primeiros três meses de 2018, tendo sido detidos três  acusados.

Os crimes ocorreram na cidade de Tete e distritos de Moatize, Mutarara, Doa, Tsangano, Angónia, Macanga, Chiúta, Chifunde, Marara, Zumbo, Magoé, Cahora Bassa, Marara e Changara.

Foram registados também onze casos de homicídios voluntários, contra 15 anteriores, tendo havido uma redução de quatro casos.

A PRM registou ao longo deste ano a morte de sete pessoas, vítimas de acidentes de viação, contra 19 de igual período de 2018, havendo uma redução em 12 casos.

Apontou ainda que os sinistros causaram 14 feridos graves, contra 16. No mesmo período, 88 pessoas contraíram ferimentos ligeiros e 13 danos materiais avultados. Os sinistros foram de tipo choque entre viaturas, motorizadas e atropelamentos.

“Com base nos tipos de acidentes acima descritos, aponta-se o Homem como o principal factor causador dos acidentes de viação, consubstanciado por várias outras causas, a destacar: excesso de velocidade, corte de prioridade, má travessia do peão, salto em veículo em movimento e trânsito fora da mão”, frisou.

Comments

O PRESIDENTE da República, Filipe Nyusi, disse no sábado que o Governo não tem moral suficiente para reintegrar na Polícia homens da Renamo que estejam na situação de reservistas, reformados ou desmobilizados do Exército, em detrimento daqueles que ainda se encontram activos nas fileiras do maior partido da oposição. Leia mais.

Comments
Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction