O PRESIDENTE da Republica avalia como tendo sido positiva a visita que efectuou ao Japão ao se saldar na assinatura de três acordos e no estreitamento das relações diplomáticas entre os dois Estados.

Moçambique e o Japão celebram este ano, 40 anos de diplomacia e as autoridades nipónicas convidaram o Chefe de Estado moçambicano com vista a celebração desta efeméride.

Durante a estadia do Presidente ao Japão foram assinados quatro acordos, um no domínio da energia entre a Empresa Publica Electricidade de Moçambique e a SUMITOMO com vista a ampliação da Central Térmica de Temane. O outro entendimento visa a construção de três pontes sobre o Rio Messalo, junto a estrada que liga Pemba e Palma, na província de Cabo Delgado.

O terceiro entendimento entre os dois países e relativo ao apoio que as autoridades japonesas vão prestar na execução do estudo de viabilidade para o estabelecimento dum sistema integrado de transporte na cidade de Maputo.     

O quarto entendimento e relativo a formação de quadros moçambicanos no sector de petróleos e gás.

O Japão pretende formar nos próximos cincos anos mil moçambicanos nos diversos níveis de ensino.

Ontem, o Chefe de Estado reuniu com a comunidade estudantil moçambicana neste pais que apresentou ao presidente a existência de alguns constrangimentos, sobretudo, devido a reduzido tempo que gozam para a estadia no Japão apos a sua graduação o que dificulta muito a sua certificação.

Referiram-se, igualmente, a dificuldades na obtenção ou renovação de Bilhetes de Identidade o que muitas vezes os leva a terem que viajar para Maputo para a tramitação do expediente.

Trata-se duma situação que segundo o Ministro dos Negócios e Estrangeiros e Cooperação esta a ser gradualmente resolvido com a colocação em algumas Embaixadas de agentes do Ministério do Interior para a tramitação dos processos.   

Refira-se que durante a visita ao Japão, o Presidente da Republica manteve contactos com diversas empresas desde a fábrica de processamento do Gás Natural da Tokyo Gas, a estacão principal de Yurikamome e manteve contactos com os executivos das empresas SUMITOMO, Mitsui, para além de ter participado num Fórum de Negócios que contou com a presença de perto de 300 empresários.

Filipe Nyusi manteve contactos com uma delegação da Camara dos Representantes ou Camara Baixa que representa o poder legislativo deste mais com 480 membros. O Presidente também foi recebido pelo Imperador Akihito que representa o símbolo do Estado e da unidade do Povo japonês.

O Chefe de estado também foi recebido pelo Primeiro-Ministro Shinzo Abe que lidera o poder executivo que integra doze ministérios e agências.

Titos Munguambe,em Toquio

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 21 Julho 2017
Há pelo menos duas sensações com que se fica, lendo as conclusões e recomendações da última missão do Fundo Monetário Internacional (FMI) a Moçambique, no final de uma visita de pouco mais de uma semana. Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
NACALA-À-VELHA: A rota dos grandes investimentos
Quinta, 20 Julho 2017
DUAS novas centrais para conversão de gás natural em energia eléctrica, com potência estimada em 400 megawatts cada vão ser construídas no distrito de Nacala-à-Velha, facto que coloca novamente esta região, da província de Nampula, na órbita de grandes investimentos, depois da construção e... Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quizenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,16 61,29
ZAR 4,58 4,67
EUR 68,75 70,04

17.07.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

Has no content to show!

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 2370 visitantes em linha