OS Chefes de Estado e de Governo da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) estão preocupados com a industrialização da região. Tal facto levou a que o assunto fosse agendado para a Cimeira extraordinária da organização a ter lugar amanhã, sábado, em Mbabane, capital política do reino da Suazilândia.

No evento, o estadista moçambicano, Filipe Nyusi, foi representado pelo Primeiro-ministro, Carlos Agostinho do Rosário.

A estratégia de industrialização da SADC 2015-2063 esteve, desde quarta-feira e ontem, a ser analisada pelo Conselho de Ministros da SADC, tendo concluído que os países-membros necessitam de fazer um esforço adicional na aplicação de taxas sobre as importações, de forma a aumentar as suas contribuições anuais para a Organização.

O director para a Integração Regional e Continental, Alfredo Nuvunga, explicou que neste momento, os membros injectam, por ano, 41 milhões de dólares à SADC, contra o desejável de 78 milhões.

Falando a jornalistas moçambicanos, após a reunião do Conselho de Ministros da SADC, Nuvunga adiantou que caso os estados membros apliquem a taxa de 0,2 por cento das suas importações, a organização poderá concentrar cerca de 330 milhões de dólares por ano, os quais serão aplicados no funcionamento e financiamento da industrialização e desenvolvimento das infra-estruturas regionais.

A fonte frisou que o conselho de ministros da organização aprovou um plano de reestruturação da SADC que vai acomodar uma direcção específica para implementar a estratégia de industrialização na região.  (Notícias e RM)

Breves

Editorial

Editorial
Sexta, 18 Agosto 2017
A NOTÍCIA sobre a suspensão da importação, pela Índia, do feijão-bóer caiu que nem uma bomba para todos quanto investiram na cadeia de valor deste produto, por terem acreditado que se estava perante uma grande oportunidade para ter algum rendimento. Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Nampula em foco: Tijolo a tijolo Murrupula vai...
Quinta, 17 Agosto 2017
O DISTRITO de Murrupula, na província de Nampula, está a implementar um programa de massificação de uso de tijolo queimado na construção de infra-estruturas, com destaque para habitações da população, escolas, unidades sanitárias e estabelecimentos comerciais, facto que se reflecte na mudança da vida do distrito. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quizenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,73 61,93
ZAR 4,52 4,61
EUR 71,32 72,73

08.08.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

A IMPRENSA moçambicana tornou público recentemente, a possibilidade de ...
2017-08-17 23:30:00
HOJE queremos, neste espaço, homenagear milhares de crianças ...
2017-08-16 23:30:00
DIZEM alguns estudiosos que a variável mais forte que causa a pobreza num ...
2017-08-16 23:30:00
NELITO Fernando Chilundo, solteiro de 41 anos de idade, titular da carta de ...
2017-08-16 23:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 2436 visitantes em linha