O PRESIDENTE da República, Filipe Nyusi, manifestou, ontem, preocupação com a ocorrência frequente de assaltos a comboios de mercadoria quando transitam na zona de Entre Lagos, no distrito de Mecanhelas, província de Niassa.

“Isso não pode continuar. O comboio só é assaltado quando escala Entre Lagos. Já há agentes económicos que ameaçam deixar de usar a linha porque aqui no distrito de Mecanhelas há assaltos”, disse Nyusi no comício que orientou no posto administrativo de Chiúta, em Mecanhelas, o último inserido na sua visita de trabalho de três dias que efectuou àquela província.

O Presidente pediu para que a população redobre a vigilância por forma a ajudar a identificar os mentores dos assaltos, via através da qual se pode estancar o mal que transtorna o transporte de mercadorias entre o porto de Nacala, Cuamba e Tete, passando por Malawi.

“Se isto continuar, os comboios que por aqui transitam só vão transportar o carvão que ainda não é alvo de roubos”, disse o Chefe do Estado.

Quanto à relação com o vizinho Malawi, Nyusi recomendou que os moçambicanos tenham uma convivência fronteiriça sã.

“Muitos de vocês fazem a vida junto à fronteira com o Malawi. Mas, para isso, têm de ter orgulho de serem moçambicanos, que não fazem mal a ninguém”, disse.

Sobre a comercialização agrícola o Chefe do Estado disse ter conhecimento de que Mecanhelas, e a província do Niassa, no geral, produzem muito milho que muitas vezes volta a faltar até para o consumo das pessoas que o produzem. Garantiu que o governo está a organizar-se melhor para comprar os excedentes.

“Estamo-nos a organizar melhor para comprar os excedentes. Mas devem sempre guardar tendo em conta as necessidades alimentares e em sementes. Nunca se sabe como é que a época seguinte vai se comportar”, explicou Nyusi.

Na interacção com o Chefe do Estado, a população de Chiúta pediu que este interceda pela melhoria da transitabilidade da estrada entre a sede do posto administrativo local e a sede do distrito de Mecanhelas, Insaca, bem como com a capital económica do Niassa, Cuamba.

Carlos Messias, régulo de Chiúta, disse que quando a época chuvosa inicia a ligação com estes locais é interrompida até depois do fim da estação, criando transtornos logísticos para as famílias.
Por outro lado, segundo Messias, a falta de uma escola secundária ao nível do posto administrativo de Chiúta agudiza os casamentos prematuros porque os jovens, principalmente meninas, ficam sem fazer praticamente nada depois de concluírem o ensino primário.

O Presidente mostrou-se receptivo quanto à ideia de uma sala anexa, afirmando que isso significa que a mesma servirá de indicação da necessidade ou não de se construir uma escola secundária de raiz.

Versão-Impressa


Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 23 Junho 2017
DOIS momentos marcaram esta semana o contacto entre o Banco de Moçambique e a comunicação social, nomeadamente o ponto de situação da economia nacional e os esclarecimentos à volta do processo que culminou com a venda do Banco Moza à Kuhanha –... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Mandimba faz de tudo para não passar fome
Terça, 27 Junho 2017
Há cada vez menos pessoas a se envolverem no cultivo e comercialização de tabaco, no distrito de Mandimba, província de Niassa, desânimo associado à falta de chuvas que se registou na campanha agrária passada e que provocou prejuízos enormes aos produtores. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quizenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 45,25 46,43
ZAR 4,65 4,73
EUR 67,26 68,57

28.06.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

UM dos temas mais debatidos nos últimos dias, no país, tem a ver com a ...
2017-06-28 07:45:45
UM jornal da praça publicou recentemente uma entrevista concedida pelo ...
2017-06-28 07:43:52
CONTRA as minhas próprias convicções, sou impelido a concordar ...
2017-06-27 06:45:03
ESTÁ um frio do catano. Me penetra até aos ossos, que os imagino ...
2017-06-27 06:43:12
EM 1975, eu ainda era pequeno. Com a idade que tinha, naturalmente não me ...
2017-06-26 07:35:13

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 2174 visitantes em linha