O PRESIDENTE da República, Filipe Nyusi, manifestou, ontem, preocupação com a ocorrência frequente de assaltos a comboios de mercadoria quando transitam na zona de Entre Lagos, no distrito de Mecanhelas, província de Niassa.

“Isso não pode continuar. O comboio só é assaltado quando escala Entre Lagos. Já há agentes económicos que ameaçam deixar de usar a linha porque aqui no distrito de Mecanhelas há assaltos”, disse Nyusi no comício que orientou no posto administrativo de Chiúta, em Mecanhelas, o último inserido na sua visita de trabalho de três dias que efectuou àquela província.

O Presidente pediu para que a população redobre a vigilância por forma a ajudar a identificar os mentores dos assaltos, via através da qual se pode estancar o mal que transtorna o transporte de mercadorias entre o porto de Nacala, Cuamba e Tete, passando por Malawi.

“Se isto continuar, os comboios que por aqui transitam só vão transportar o carvão que ainda não é alvo de roubos”, disse o Chefe do Estado.

Quanto à relação com o vizinho Malawi, Nyusi recomendou que os moçambicanos tenham uma convivência fronteiriça sã.

“Muitos de vocês fazem a vida junto à fronteira com o Malawi. Mas, para isso, têm de ter orgulho de serem moçambicanos, que não fazem mal a ninguém”, disse.

Sobre a comercialização agrícola o Chefe do Estado disse ter conhecimento de que Mecanhelas, e a província do Niassa, no geral, produzem muito milho que muitas vezes volta a faltar até para o consumo das pessoas que o produzem. Garantiu que o governo está a organizar-se melhor para comprar os excedentes.

“Estamo-nos a organizar melhor para comprar os excedentes. Mas devem sempre guardar tendo em conta as necessidades alimentares e em sementes. Nunca se sabe como é que a época seguinte vai se comportar”, explicou Nyusi.

Na interacção com o Chefe do Estado, a população de Chiúta pediu que este interceda pela melhoria da transitabilidade da estrada entre a sede do posto administrativo local e a sede do distrito de Mecanhelas, Insaca, bem como com a capital económica do Niassa, Cuamba.

Carlos Messias, régulo de Chiúta, disse que quando a época chuvosa inicia a ligação com estes locais é interrompida até depois do fim da estação, criando transtornos logísticos para as famílias.
Por outro lado, segundo Messias, a falta de uma escola secundária ao nível do posto administrativo de Chiúta agudiza os casamentos prematuros porque os jovens, principalmente meninas, ficam sem fazer praticamente nada depois de concluírem o ensino primário.

O Presidente mostrou-se receptivo quanto à ideia de uma sala anexa, afirmando que isso significa que a mesma servirá de indicação da necessidade ou não de se construir uma escola secundária de raiz.

Mais recentes

Breves

Editorial

Editorial
Sexta, 18 Agosto 2017
A NOTÍCIA sobre a suspensão da importação, pela Índia, do feijão-bóer caiu que nem uma bomba para todos quanto investiram na cadeia de valor deste produto, por terem acreditado que se estava perante uma grande oportunidade para ter algum rendimento. Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Nampula em foco: Tijolo a tijolo Murrupula vai...
Quinta, 17 Agosto 2017
O DISTRITO de Murrupula, na província de Nampula, está a implementar um programa de massificação de uso de tijolo queimado na construção de infra-estruturas, com destaque para habitações da população, escolas, unidades sanitárias e estabelecimentos comerciais, facto que se reflecte na mudança da vida do distrito. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quizenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,73 61,93
ZAR 4,52 4,61
EUR 71,32 72,73

08.08.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HÁ alguns anos que tenho tido o privilégio de fazer a cobertura das ...
2017-08-18 23:30:00
NA próxima quarta-feira os angolanos vão a voto, naquilo será o ...
2017-08-18 23:30:00
HÁ dias meti o meu “flash” num computador da faculdade e todos ...
2017-08-18 23:30:00
A IMPRENSA moçambicana tornou público recentemente, a possibilidade de ...
2017-08-17 23:30:00
HOJE queremos, neste espaço, homenagear milhares de crianças ...
2017-08-16 23:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 1906 visitantes em linha