FOI ontem concluído, à escala nacional, o processo de instalação dos órgãos de apoio à Comissão Nacional de Eleições (CNE), com o empossamento dos presidentes das Comissões Distritais de Eleições (CDE).

Na cidade de Maputo, oNotícias testemunhou a tomada de posse de seis presidentes de Comissões Distritais de Eleições. Trata-se de Cassiano de Jesus, para o distrito de Hlamankulu; Salomão Armando Fumo, para KaMaxakeni; Rafael Lambo Bernardo, para KaMavota; Helton Faustino Ngoque, para KaMubukwana; Gabriel dos Anjos Nassone Parruque, para KaTembe, e António Changulo, para KaNyaka.

Falando aos empossados, a presidente da Comissão Provincial de Eleições da Cidade de Maputo, Ana Ângelo Chemane, afirmou que aos presidentes das CDE recai a nobre responsabilidade política e técnica de garantir a direcção e supervisão da implementação da legislação eleitoral que, no caso vertente, foi a que regeu as quartas eleições autárquicas de 2013, alterada e republicada em Abril de 2014.

De entre as responsabilidades, apontou o recenseamento eleitoral de raiz, a ter lugar no próximo ano, em data ainda a ser fixada pelo Conselho de Ministros; a educação cívica dos cidadãos sobre o acto eleitoral e a orientação, supervisão e fiscalização dos processos eleitorais.

Segundo Ana Chemane, no seu quotidiano e no desempenho das suas funções, os presidentes das Comissões Distritais de Eleições deverão ter sempre presente o compromisso de Moçambique para com o aprofundamento da democracia multipartidária, sendo fundamental, para o efeito, que tomem decisões com independência e se abstenham de se envolver em actividades político-partidárias.

“O modo de actuação dos órgãos eleitorais funda-se na Constituição e nas leis da República, o que significa agir segundo a consciência e exigências da técnica e profissionalismo. O nosso papel é de garantir a realização das eleições e não para facilitar ou dificultar a eleição deste ou daquele candidato”, disse.

Por seu turno, a vereadora de KaMupfumu, Carolina Chemane, área jurisdicional onde decorreu o acto, saudou os empossados pela árdua missão de coordenar os órgãos que vão orientar o processo eleitoral a nível dos distritos municipais da cidade de Maputo. Recomendou que no seu trabalho procurem, sempre que possível, tomar decisões por consenso, como forma de assegurar harmonia e confiança no seio de cada órgão.

Mais recentes

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 21 Julho 2017
Há pelo menos duas sensações com que se fica, lendo as conclusões e recomendações da última missão do Fundo Monetário Internacional (FMI) a Moçambique, no final de uma visita de pouco mais de uma semana. Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Actriz Lina Marcos: Uma história de vida que...
Segunda, 24 Julho 2017
A HISTÓRIA da actriz Lina Marcos está carregada de muitas lições de vida, sobretudo no que às relações amorosas diz respeito. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quizenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,16 61,29
ZAR 4,58 4,67
EUR 68,75 70,04

17.07.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

MUITOS dos que na sua rotina diária passam pela zona onde perfilavam barracas ...
2017-07-24 07:25:15
DEU para ver, numa das sextas-feiras, pouco depois das 21.00 horas, em plena Avenida ...
2017-07-24 07:23:34
ENQUANTO muitos debatem a opinião do Chefe do Estado moçambicano sobre ...
2017-07-21 23:30:00
O FUTEBOL é um dos desportos mais “cabeça dura” que ...
2017-07-21 23:30:00
HÁ dias o académico José Diquissone Tole, também ...
2017-07-21 23:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 2657 visitantes em linha