A COMISSÃO Nacional de Eleições (CNE) partilhou ontem, com diplomatas acreditados no país, o estágio de preparação das eleições de 2018 e 2019, garantindo que estão a ser cumpridas todas as actividades previstas no calendário eleitoral.

A informação foi prestada pelo presidente da CNE, Abdul Carimo Sau, num encontro destinado a estabelecer uma plataforma de trabalho conjunto, colaboração, diálogo, aconselhamento e inclusão de todos os que pretendem fazer parte dos próximos pleitos eleitorais no país.

“Com a marcação da data das eleições pelo Conselho de Ministros, iniciámos as nossas actividades com vista a que este ciclo eleitoral seja diferente, de sucessos, e para lograr este objectivo achamos que o diálogo e partilha de informações com todos os intervenientes pode ajudar”, explicou.

Indicou que desde Abril último a CNE está a trabalhar em matérias ligadas à realização do recenseamento eleitoral piloto, mapeamento dos locais onde este deverá ter lugar, questões logísticas, instalação dos órgãos de apoio ao órgão e inclusão dos técnicos indicados pelos partidos políticos no STAE.

Está em curso a discussão de questões ligadas ao processamento dos resultados, os prazos de divulgação dos resultados, prevenção de conflitos, credibilização do processo eleitoral e dos órgãos eleitorais, a circulação de informação e o envolvimento de toda a sociedade.

Entretanto, segundo afirmou, existem desafios, tais como a falta de instalações para o funcionamento dos órgãos de apoio da Comissão Nacional de Eleições; a necessidade de circulação de informação, bem como a criação de uma plataforma tecnológica que facilite o processo de comunicação com os diversos públicos.

“Neste momento, foi concluída a fase de instalação dos órgãos de apoio ao nível provincial, distrital e de cidade, onde decorrerão as eleições autárquicas de 2018, ao que se seguirá a sua formação em matérias de legislação eleitoral”, disse Abdul Carimo Sau.

Depois desta etapa, indicou, segue-se a integração dos técnicos dos partidos políticos com assento no Parlamento, no Secretariado Técnico de Administração Eleitoral (STAE) e o recenseamento eleitoral, cujo período será fixado pelo Conselho de Ministros.

Alguns dos diplomatas presentes manifestaram-se satisfeitos com a abertura da CNE na organização das eleições autárquicas em 2018, e gerais em 2019, desejando que sejam transparentes e coroadas de êxitos.

O embaixador dos Estados Unidos da América, Dean Pittman, afirmou que o seu país está disposto a apoiar a Comissão Nacional de Eleições em tudo o que for necessário para que o processo não seja manchado por irregularidades.

A mesma disposição foi expressa pelo Ministro Conselheiro da Embaixada da Rússia, Alexander Muralov, que, entretanto, questionou a existência da capacidade de realização de campanhas de sensibilização e educação cívica, para uma maior participação dos eleitores.

Respondendo aos comentários, o presidente da CNE afirmou que o envolvimento do Corpo Diplomático visa criar condições para a sua participação nos pleitos eleitorais, desde a fase de organização, votação, divulgação de resultados e a resolução de contenciosos eleitorais.

“Não queremos que, posteriormente, venham reclamar de irregularidades eleitorais, daí apelarmos ao vosso envolvimento e contributo para que as próximas eleições sejam tranquilas”, concluiu.

Mais recentes

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 20 Outubro 2017
O PRESIDENTE da República, Filipe Nyusi, manifestou há dias, e de forma particularmente severa, a sua preocupação em relação aos elevados índices de corrupção que se registam no país, tanto no sector público quanto no... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Caia vira corredor de desenvolvimento
Quinta, 19 Outubro 2017
O ADMINISTRADOR do distrito de Caia, João Saize, considerou, há dias, em entrevista ao nosso Jornal, que nos últimos oito anos a região se transformou num verdadeiro corredor de desenvolvimento, com a entrada em funcionamento da Ponte Armando Guebuza, em Agosto de 2009. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quinzenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,70 61,84
ZAR 4,43 4,51
EUR 71,53 72,88

11.10.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HÁ alguns anos, o Governo do ex- presidente moçambicano, Joaquim ...
2017-10-20 23:30:00
MAIS um linchamento ocorreu ao princípio desta semana na cidade da Beira, ...
2017-10-20 23:30:00
TURMA, não posso ignorar esta chamada, serei rápido. Enquanto estou ...
2017-10-20 23:30:00
MOCÍMBOA da Praia, na província de Cabo Delgado, está desde ...
2017-10-19 23:30:00
Passam cerca de duas semanas que contei a história onde o personagem ...
2017-10-19 23:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 1276 visitantes em linha