O Presidente da República assegura que a vida está a regressar à normalidade no país, depois de um período difícil caracterizado por uma seca prolongada no sul e cheias no centro e norte.

No comício popular que orientou, ontem, no povoado de Nhacutse, distrito de Chongoene, em Gaza, Filipe Nyusi explicou que, devido àqueles fenómenos naturais, foi necessário interromper alguns empreendimentos económicos, para permitir que os recursos fossem reorientados para salvar vidas nas áreas atingidas pelas calamidades.

“Era necessário priorizar a disponibilização de alimentos e até água potável em zonas do país onde a situação da seca foi mais severa”, disse o Presidente.

Durante o comício realizado em Nhacutse, que marcou o início de uma visita de três dias à província de Gaza, Filipe Nyusi deu nota positiva ao contributo dos camponeses locais que, ao trabalhar a terra de forma abnegada, produzem não só para o seu auto-sustento, como também para comercialização de excedentes, beneficiando gente de outras zonas do país.

Segundo o Chefe do Estado, aumentando a produção o país deixará de importar alimentos e, dessa forma, vai poupar divisas para o desenvolvimento de diversos projectos sociais e económicos. Acrescentou que, para que esses propósitos se possam materializar, é necessário que os moçambicanos continuem firmes em defesa da paz e da unidade nacional.

“Sobre a unidade nacional, Gaza sempre foi exemplo. Desta região partiram vários heróis para a luta de libertação da pátria, entre eles Eduardo Mondlane, arquitecto da unidade nacional. Gaza tem igualmente mérito por contribuir para uma paz efectiva, com a sua população serena e calma, empenhada no desenvolvimento”, destacou o Chefe do Estado.  

Ainda ontem, o Presidente da República orientou uma sessão extraordinária do Governo Provincial de Gaza alargada aos administradores distritais. Hoje, o Chefe do Estado vai dirigir a cerimónia de abertura dos Jogos Desportivos Escolares que, este ano, vão decorrer nas cidades de Xai-Xai e Macia.

VIRGÍLIO BAMBO

Mais recentes

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 21 Julho 2017
Há pelo menos duas sensações com que se fica, lendo as conclusões e recomendações da última missão do Fundo Monetário Internacional (FMI) a Moçambique, no final de uma visita de pouco mais de uma semana. Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
NACALA-À-VELHA: A rota dos grandes investimentos
Quinta, 20 Julho 2017
DUAS novas centrais para conversão de gás natural em energia eléctrica, com potência estimada em 400 megawatts cada vão ser construídas no distrito de Nacala-à-Velha, facto que coloca novamente esta região, da província de Nampula, na órbita de grandes investimentos, depois da construção e... Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quizenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,16 61,29
ZAR 4,58 4,67
EUR 68,75 70,04

17.07.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

MUITOS dos que na sua rotina diária passam pela zona onde perfilavam barracas ...
2017-07-24 07:25:15
DEU para ver, numa das sextas-feiras, pouco depois das 21.00 horas, em plena Avenida ...
2017-07-24 07:23:34
ENQUANTO muitos debatem a opinião do Chefe do Estado moçambicano sobre ...
2017-07-21 23:30:00
O FUTEBOL é um dos desportos mais “cabeça dura” que ...
2017-07-21 23:30:00
HÁ dias o académico José Diquissone Tole, também ...
2017-07-21 23:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 2515 visitantes em linha