O governo do Vietname manifesta disponibilidade para apoiar Moçambique a melhorar a sua capacidade de prevenir e gerir desastres naturais.

“Estamos disponíveis para transmitir a nossa experiência em tudo o que for possível para que Moçambique melhore a sua capacidade de enfrentar desastres naturais”, disse o vice-presidente do Comité de Busca e Salvamento do Vietname, Pham Quang Minh.

Ele falava no encontro que manteve com o Primeiro-Ministro Carlos Agostinho do Rosário, que ontem iniciou uma visita oficial de quatro dias ao Vietname a convite do seu homólogo daquele país asiático, Nguyen Xuan Phuc.

“Agradecemos a vossa disponibilidade de compartilhar a vossa experiência na gestão de desastres naturais. Esperamos aprender muito de vós”, disse, por sua vez, o Primeiro-Ministro, durante a visita que efectuou ao Comité de Busca e Salvamento do Vietname.

Com a disponibilidade manifestada pelas autoridades do Vietname, espera-se que pessoal moçambicano seja treinado em diversas áreas ligadas à gestão de calamidades.

Falando a jornalistas, em Hanói, o Director Adjunto para Ásia e Oceânia no Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Isac Massamby, confirmou a abertura do Vietname em acolher quadros moçambicanos em função das necessidades existentes na prevenção, gestão e combate a desastres naturais.

“Os passos seguintes incluem a identificação de áreas concretas e ver como é que o Vietname pode ser útil, principalmente no tocante ao uso de tecnologias modernas na prevenção e monitoria de desastres naturais e na busca e salvamento de vidas humanas”, afirmou Massamby.

Tal como Moçambique, o Vietname tem sido fustigado ciclicamente por desastres naturais, incluindo cheias.

O Comité de Busca e Salvamento do Vietname é responsável por coordenar actividades afins por terra, mar e ar, dispondo de estações modernas de monitoria de situações de emergência.

No prosseguimento da visita, o Primeiro-Ministro vai, hoje, depositar coroas de flores nos monumentos nacional e dos mártires vietnamitas e também no mausoléu de Ho Chi Minh (revolucionário e estadista vietnamita, falecido em 1969, e que foi embalsamado e seu corpo depositado no seu mausoléu, em Hanói).

De seguida deslocar-se-á ao palácio presidencial e ao gabinete do governo, onde se espera seja assinado um memorando de entendimento entre os governos dos dois países sobre cooperação na protecção e conservação de espécies selvagens.

Ainda hoje, Carlos Agostinho do Rosário deverá manter um encontro com a comunidade moçambicana no Vietname e com o secretário-geral do partido comunista deste país, Nguyen Phu Trong.

Almiro Mazive, AIM, em Hanói

Breves

Editorial

Editorial
Sexta, 18 Agosto 2017
A NOTÍCIA sobre a suspensão da importação, pela Índia, do feijão-bóer caiu que nem uma bomba para todos quanto investiram na cadeia de valor deste produto, por terem acreditado que se estava perante uma grande oportunidade para ter algum rendimento. Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Ameaças na península coreana: Uma guerra...
Segunda, 21 Agosto 2017
HÁ dias o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, ameaçou atacar a ilha de Guam, território americano, no Oceano Pacífico. Na véspera, o Presidente dos Estados Unidos da América (EUA), Donald Trump, avisou Pyongyang que iria responder com “fúria e fogo”. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quizenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,74 61,93
ZAR 4,59 4,68
EUR 71,31 72,71

21.08.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HÁ muito que não via Hugh Masekela, nem mesmo em espectáculos. ...
2017-08-21 23:30:00
VAI para dois meses e bons dias que nas manhãs não me sento na doce ...
2017-08-21 23:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 3428 visitantes em linha