A Primeira-Dama, Isaura Nyusi, defende uma acção concertada no combate à desnutrição crónica no país, um problema de saúde pública que afecta o crescimento infantil e condiciona o processo de ensino e aprendizagem.

Falando ontem em Maputo, no lançamento da semana mundial de aleitamento materno, a esposa do Presidente da República disse ser desafio para o sector da saúde promover  práticas que estimulem a alimentação infantil em prol do seu crescimento saudável, objectivo que, segundo ela, pode ser  alcançado ensinando a sociedade a assumir a amamentação como uma componente fundamental para acabar com a desnutrição.

Isaura Nyusi disse que a taxa do aleitamento materno registou melhorias nos últimos anos, tendo passado de 43 por cento em 2011, para 55 por cento em 2015. Ainda assim, segundo ela, há tabus em torno desta prática que continuam a constituir barreiras para que todas as crianças sejam amamentadas exclusivamente nos primeiros seis meses de vida.

“Se as crianças forem amamentadas na primeira hora pós nascimento durante os primeiros seis meses de vida, de forma exclusiva, e continuada até aos dois anos, cerca de 800 mil vidas podem ser salvas a cada ano”, sublinhou.

Segundo Isaura Nyusi, impõem-se políticas adequadas para o aumento das taxas de aleitamento materno, principalmente nos primeiros seis meses de vida, bem como a sua continuação até aos 2 anos ou mais, facto que pode resultar em impactos positivos na vida das crianças.

“O aleitamento materno é a mais sábia estratégia natural para protecção da criança contra quaisquer enfermidades e constitui a mais sensível, económica e eficaz intervenção para redução da mortalidade infantil. Permite ainda um grande impacto na promoção da saúde integral da bebé e mãe, contribuindo assim para o bem-estar da sociedade”, explicou a Primeira-Dama.

No mesmo contexto, a esposa do Chefe do Estado destacou o impacto positivo do alargamento de licença de parto dos 60 para 90 dias de repouso às funcionárias que se encontram na condição de parto.

“ O nosso desejo é que os locais de trabalho desenvolvam  iniciativas como criação de cantos da amamentação, creches, salas de apoio à amamentação”, disse.

Ainda ontem, Isaura Nyuisi brindou três bebés recém-nascidos com um enxoval para cada mãe, e testemunhou um ensaio de boas maneiras de aleitamento materno.

Presente na cerimónia, Marcoluigi Corsi, representante do UNICEF, reiterou que a sua instituição vai continuar a prestar apoio ao Governo, para o combate  à desnutrição crónica nas crianças.

A semana mundial do aleitamento materno  decorre até 7 de Agosto sob o lema “Juntos Sustentando a Amamentação”.

Breves

Editorial

Editorial
Sexta, 18 Agosto 2017
A NOTÍCIA sobre a suspensão da importação, pela Índia, do feijão-bóer caiu que nem uma bomba para todos quanto investiram na cadeia de valor deste produto, por terem acreditado que se estava perante uma grande oportunidade para ter algum rendimento. Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Ameaças na península coreana: Uma guerra...
Segunda, 21 Agosto 2017
HÁ dias o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, ameaçou atacar a ilha de Guam, território americano, no Oceano Pacífico. Na véspera, o Presidente dos Estados Unidos da América (EUA), Donald Trump, avisou Pyongyang que iria responder com “fúria e fogo”. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quizenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,74 61,93
ZAR 4,59 4,68
EUR 71,31 72,71

21.08.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HÁ muito que não via Hugh Masekela, nem mesmo em espectáculos. ...
2017-08-21 23:30:00
VAI para dois meses e bons dias que nas manhãs não me sento na doce ...
2017-08-21 23:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 3105 visitantes em linha