Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

Moçambique está interessado em cooperar com o Vietname nas áreas de pesquisa, produção e comercialização de sementes agrárias, sobretudo do arroz, de modo a viabilizar a aposta na agricultura como actividade económica prioritária.

O facto foi revelado ontem pelo Primeiro-ministro, Carlos Agostinho do Rosário, durante o encontro que manteve com representantes da fábrica de produção de sementes de arroz, a Thai Binh Seed Corporation, localizada na província vietnamita de Thai Binh, no âmbito da visita oficial de quatro dias que efectua desde a última segunda-feira àquele país asiático.

Na ocasião, o Primeiro-ministro sugeriu que as embaixadas dos dois países, com o apoio do Ministério da Agricultura e Segurança Alimentar, e da multinacional vietnamita, Viettel, coordenem acções para que os técnicos da Thai Binh Seed Corporation visitem Moçambique para avaliar as condições para a efectiva colaboração.

“Para nós, a visita devia ocorrer já em Outubro, por se tratar de um mês em que arranca a época agrícola. Seria bom que a visita acontecesse exactamente nesse período”, disse Carlos Agostinho do Rosário.

No país, a empresa trabalharia com o Instituto de Investigação Agrária de Moçambique (IIAM) e, posteriormente, identificaria parceiros nacionais que já trabalham na produção de sementes. Assim, segundo o Primeiro-ministro, juntaríamos esforços que culminariam com o desenho de um modelo de produção de sementes para Moçambique.”

A este propósito, a Vice-ministra da Agricultura e Segurança Alimentar, Luísa Meque, disse, durante o encontro, que no âmbito do interesse, também se devia potenciar a assistência técnica e a transferência de tecnologias.

“A nossa empresa está disposta e pronta para trabalhar com Moçambique na pesquisa, produção e comercialização da semente”, disse o Presidente do Conselho de Administração da Thai Binh Seed Corporation, Tran Manh Bao, sublinhando a necessidade de, primeiro, fazer-se um estudo das condições agro-ecológicas de Moçambique, entre outras necessidades.

A Thai Binh Seed Corporation, catalogada como “orgulho dos farmeiros vietnamitas”, foi criada em 1967, sob orientação do então presidente Ho Chi Minh que cedo viu na produção qualitativa e quantitativa da semente a resposta para as necessidades agrícolas da população vietnamita.

Actualmente, a empresa possui 12 filiais em território vietnamita, responsáveis pela distribuição anual dezenas de milhares de toneladas de sementes de alta qualidade em muitas variedades.

Nas conversações havidas terça-feira, em Hanói, entre do Rosário e o seu homólogo vietnamita, Nguyen Xuan Phuc, ficou acordado que a Viettel, no mercado moçambicano de telefonia móvel, através da Movitel, desde 2012, deve servir de bandeira para a diversificação dos investimentos vietnamitas em Moçambique.

Mais ainda, o governante vietnamita falou da abertura da banca deste país para apoiar iniciativas de cooperação ente os dois países em outros domínios.

Almiro Mazive, AIM

Sábados

TEMA DE ...

A alegoria da caverna de Platão é esclarecedora quanto ...

CLICKADAS

...

José Craveirinha, o nosso poeta maior, escreveu: “O ...

Conselho de administração

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

Siga-nos

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction