Uma fábrica de processamento de macadâmia foi ontem inaugurada no distrito de Gurué, na Zambézia, pelo Presidente Filipe Nyusi, que na ocasião desafiou a massa laboral a empenhar-se na produção para o seu bem e o do país.

Segundo Filipe Nyusi, a inauguração daquele empreendimento, da Murrimo Macadâmia, é produto da estratégia do governo para a industrialização do país congregando também a produção nacional.

Foram investidos para a instalação e funcionamento desta unidade fabril mais de 20 milhões de dólares nos últimos cinco anos, esperando-se que em breve ela produza em pleno, processando a macadâmia, amêndoa com larga aplicação principalmente nas indústrias alimentar, de beleza e na medicina. A empresa de produção de macadâmia inaugurada no Gurué é de capitais sul-africanos e compreende uma área de produção de 3200 hectares, dos quais estão actualmente em exploração 1200 hectares.

A fábrica ontem inaugurada pelo Presidente da República tem a capacidade de processar duas mil toneladas de macadâmia por ano e nesta primeira colheita serão exportadas a partir da próxima semana oitenta toneladas para o mercado externo, nomeadamente a África do Sul, Europa, Ásia e Estados Unidos da América.

Para a implantação do projecto foi necessário movimentar 120 famílias, indemnizadas e integradas num processo que preconizou também a transferência de tecnologias agrícolas. A Murrimo Macadâmia, no contexto da sua responsabilidade social, vai construir três salas de aula, uma unidade sanitária e assistência aos produtores agrícolas locais na transferência de tecnologias agrárias.

Entretanto, o chefe do Estado orientou ainda ontem na cidade de Gurué uma reunião com os produtores da província da Zambézia, que se queixaram dos altos custos da mecanização e os baixos preços praticados na comercialização agrícola. Pedem uma revisão de modo a viabilizarem a sua actividade.

Ainda ontem o Chefe do Estado orientou um comício popular em que a população pediu a reabilitação, ampliação e modernização do sistema de abastecimento de água. O alto custo de vida enfrentado pelas famílias locais bem como a qualidade de prestação de serviços pela empresa EDM foram, entre outras, as principais preocupações apresentadas pela população do Gurué.

A visita de Filipe Nyusi à Zambézia, aonde foi avaliar o grau de implementação do Programa Quinquenal do Governo, termina hoje com um comício popular no distrito de Lugela.

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 20 Outubro 2017
O PRESIDENTE da República, Filipe Nyusi, manifestou há dias, e de forma particularmente severa, a sua preocupação em relação aos elevados índices de corrupção que se registam no país, tanto no sector público quanto no... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Caia vira corredor de desenvolvimento
Quinta, 19 Outubro 2017
O ADMINISTRADOR do distrito de Caia, João Saize, considerou, há dias, em entrevista ao nosso Jornal, que nos últimos oito anos a região se transformou num verdadeiro corredor de desenvolvimento, com a entrada em funcionamento da Ponte Armando Guebuza, em Agosto de 2009. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quinzenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,70 61,84
ZAR 4,43 4,51
EUR 71,53 72,88

11.10.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HÁ alguns anos, o Governo do ex- presidente moçambicano, Joaquim ...
2017-10-20 23:30:00
MAIS um linchamento ocorreu ao princípio desta semana na cidade da Beira, ...
2017-10-20 23:30:00
TURMA, não posso ignorar esta chamada, serei rápido. Enquanto estou ...
2017-10-20 23:30:00
MOCÍMBOA da Praia, na província de Cabo Delgado, está desde ...
2017-10-19 23:30:00
Passam cerca de duas semanas que contei a história onde o personagem ...
2017-10-19 23:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 801 visitantes em linha