MOÇAMBIQUE e Tanzania reafirmaram, domingo, em Pemba, o seu alinhamento no combate à imigração ilegal, pirataria marítima, delapidação de recursos naturais, entre outros crimes, num encontro bilateral que também abordou os ataques a Mocímboa da Praia, em Cabo Delgado, perpetrados por homens armados com ligações ao extremismo islâmico.

Tratou-se duma reunião bilateral dirigida pelos ministros da Defesa de Moçambique e da República Unida da Tanzania, respectivamente Atanásio Salvador M’tumuke e Hussein Aly Hassane Mwinyi, que juntou também equipas de peritos nas áreas policial, exército e da secreta dos dois países.

O encontro tinha como objectivo partilhar informações sobre a situação política, económica e social de ambos países e definir estratégias para a prevenção e combate aos crimes transfronteiriços, imigração, exploração ilegal e protecção dos recursos naturais.

No final do encontro, Atanásio Salvador M’tumuke disse à Imprensa que a reunião de Pemba esteve enquadrada nas excelentes relações de amizade, solidariedade e boa vizinhança entre Moçambique e Tanzania. Acrescentou que a reunião constituiu a materialização das decisões tomadas a 14 de Dezembro de 2017 pelos presidentes Filipe Nyusi e John Magufuli, na cidade de Dodoma, no país vizinho.

“Falamos de tudo o que tem a ver com a segurança nos dois países, desde a migração ilegal, pirataria, o comércio, delapidação de recursos naturais, tudo o que mexe com a vida dos dois países”, disse o titular da pasta da Defesa Nacional.

Questionado se as duas partes teriam abordado a questão da movimentação dos homens armados com ligações islâmicas que criam terror nos distritos de Mocímboa da Praia e Palma, M’tumuke afirmou que por se tratar de um assunto que também tem a ver a com segurança foi discutido. Entretanto, o governante não entrou em detalhes sobre o asusnto.

Por seu turno, Hussein Mwinyi descreveu o encontro como tendo sido frutífero.

“A reunião foi muito frutífera. Como sabem, há novos desafios como, por exemplo, o terrorismo, crimes transfronteiriços, pirataria, entre outros. A partir de já, os nossos países vão cooperar no combate a estes males. Para os criminosos da Tanzania que se encontram aqui em Moçambique, incluindo os homens armados que aterrorizam Mocímboa da Praia, devem ser tomadas medidas necessárias”, afirmo.

Recorde-se que, a 5 de Outubro de 2017, um grupo de homens armados com ligações islâmicas atacou, em simultâneo, três posições da Polícia da República de Moçambique, matando agentes da corporação e civis, no distrito de Mocímboa da Praia. Desde aquela data, a situação militar continua tensa, pois os indivíduos em causa ainda continuam a se movimentar e a matar.

Entre os integrantes do grupo, para além de moçambicanos, fala-se também de envolvimento de tanzanianos, somalis e sudaneses.

Um comunicado do Ministério da Defesa Nacional distribuído momentos depois do encontro indica que as delegações concluíram que a avaliação das medidas tomadas na reunião bilateral e a matriz de acções serão objecto de reflexão na sessão da Comissão Conjunta Permanente de Defesa e Segurança, a ter lugar na Tanzania em data ainda a acordar.

Mais recentes

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 23 Fevereiro 2018
A TRAGÉDIA que se abateu sobre a cidade de Maputo, na madrugada desta segunda-feira, matando 16 pessoas e ferindo outras tantas, em consequência do deslizamento do lixo nas proximidades do aterro de Hulene, chama à atenção para a necessidade de reflectirmos sobre o... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Pressão social empurra meninas para uniões...
Sexta, 23 Fevereiro 2018
Raparigas da localidade de Massaca, distrito de Boane, queixam-se da pressão social e dizem que está na origem dos casamentos prematuros. Com efeito, é-lhes dito que estando no lar vão dignificar a família e a comunidade, e muitas cedem a este conselho que as empurra para um futuro incerto. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quinzenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 58,31 59,47
ZAR 4,74 4,83
EUR 70,23 71,64

25.01.2018   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

PARECE haver motivos bastantes para emprestar as palavras do polémico ...
2018-02-24 00:30:00
O SONO é um veneno que embriaga, paralisa o corpo, corta os movimentos e guia ...
2018-02-24 00:30:00
“Ide por todo o mundo, anunciai a Boa Nova a toda criatura” – Mc ...
2018-02-23 00:30:00
Há reportagens antigas  – nos jornais e televisões -  ...
2018-02-23 00:30:00
SÓ posso começar o presente texto dizendo mesmo isto: INAE, já ...
2018-02-23 00:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 1799 visitantes em linha