Mais de 30 mil pensões para igual número de combatentes da luta de libertação nacional foram fixadas nos últimos quatro anos no país.

Segundo a Rádio Moçambique, a informação foi partilhada domingo, em Quelimane, província da Zambézia, pelo presidente da Frelimo, Filipe Nyusi, durante a segunda sessão do Comité Nacional da Associação dos Combatentes da Luta de Libertação Nacional (ACLLIN).

“Noventa e sete mil duzentos e dezoito veteranos da luta de libertação registados, dos quais noventa e sete mil, cento e dezassete têm as suas pensões tramitadas. Temos o orgulho de dizer que destes, trinta e um por cento, ou seja, trinta mil e novecentos e trinta e sete pensões foram fixadas nos últimos 4 anos. Igualmente, lançámos um movimento de apoio para a publicação de memórias de combatentes em forma de livro e por esta conquista gostaríamos de felicitar os camaradas combatentes que têm estado a aderir a este projecto”, disse o Presidente da Frelimo, Filipe Nyusi, falando durante a segunda sessão do Comité Nacional da Associação dos Combatentes da Luta de Libertação Nacional.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction