O Presidente da República, Filipe Nyusi, anunciou que as Forças de Defesa e Segurança  assaltaram, no último sábado, uma base de insurgentes no distrito de Macomia, província de Cabo Delgado.

Filipe  Nyusi avançou esta informação ontem, domingo,  em Maputo, durante as cerimónias centrais alusivas ao Dia da Mulher Moçambicana, escreve a Rádio Moçambique.

Na operação foram recuperados diversos bens roubados à população, armas de fogo e capturados homens armados, em número não especificado. (RM)

 

 

Comments

SOB o signo de combate à violência doméstica, casamentos prematuros e outros males, o país celebrou ontem o 7 de Abril, Dia da Mulher Moçambicana. A efeméride coincidiu com a passagem dos 48 anos da morte de Josina Machel, heroína nacional. Leia mais

Comments

O GOVERNO já deu os passos acordados no memorando de entendimento sobre as questões militares, apelando à Renamo para ser mais flexível,de modo a evitar a frustração dos seus guerrilheiros que depositam confiança neste processo para a restauração das suas vidas. Leia mais

Comments

A ASSEMBLEIA da República (AR) aprovou, quarta-feira, a criação de uma comissão para a fiscalização do processo de distribuição dos bens doados, no país e no estrangeiro, às vítimas do ciclone Idai, que afectou as províncias de Sofala, Manica, Tete e Zambézia. Leia mais

Comments

Celebra-se amanhã no país o Dia da Mulher Moçambicana, data que se assinala em homenagem a Josina Machel, heroína e combatente da luta de libertação nacional que perdeu a vida a 7 de Abril de 1971, em Dar-es-Salam, Tanzania, vítima de doença.

As cerimónias centrais de celebração desta efeméride terão lugar na Praça dos Heróis Moçambicanos, na capital do país, e serão dirigidas pelo Presidente da República, Filipe Nyusi, na presença da Primeira-dama, Isaura Nyusi, de membros do Governo, representantes de partidos políticos, do corpo diplomático acreditado no país e do sector privado.

Este ano o Dia da Mulher Moçambicana assinala-se sob o lema “Pensamos na igualdade, construindo com inteligência, inovando para a mudança”, segundo indica uma nota do Governo da cidade de Maputo enviada ao “Notícias”.

O documento refere ainda que depois da cerimónia da Praça dos Heróis Moçambicanos, um movimento de mulheres vai entregar ao Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC) um donativo para apoiar as vítimas do Ciclone Idai, que afectou as províncias de Sofala, Manica, Tete e Zambézia.

Nascida a 10 de Agosto de 1945, Josina Machel fez parte do primeiro grupo de mulheres que saíram do país para se juntar à Frelimo, e lutar pela independência dos moçambicanos.

Proclamada heroína nacional, Josina Machel é considerada modelo de inspiração do movimento de mulheres. Durante a luta de libertação nacional, ela desempenhou um papel muito importante, tendo sido uma das fundadoras do Destacamento Feminino.

A propósito da efeméride a ONU Mulheres, entidade das Nações Unidas para a igualdade do género e empoderamento das mulheres, manifestou o seu apreço pelos progressos alcançados pela mulher em Moçambique no concernente à igualdade do género.

O sentimento foi manifestado pela representante da ONU Mulheres em Maputo, Marie Kayisire, à margem da reunião de consulta para a elaboração do relatório da plataforma Beijing+25, um documento adoptado em 1995 para discutir os problemas que afectam o desenvolvimento da mulher.

 

Comments
Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction