Opinião

Politica

QUANDO faltam cinco dias para o fim do recenseamento, os órgãos de administração eleitoral afirmam que o objectivo é registar o máximo de eleitores, de modo ...

sexta, 24 maio 2019
Leia +

Nacional

O MAU estado da estrada que liga ao Centro de Saúde de Natite, na cidade de Pemba, em Cabo Delgado, está a condicionar a circulação de ambulâncias, transportando ...

sexta, 24 maio 2019
Leia +

Desporto

O FERROVIÁRIO de Maputo apurou-se, na tarde de ontem, para a fase zonal sul da Taça de Moçambique, após golear as Águias Especiais por 5-0, em partida da ...

quinta, 23 maio 2019
Leia +

Beira

O ENCURTAMENTO de rotas pelos transportadores semi-colectivos de passageiros ganhou um novo contorno na cidade da Beira, com os alunos a ser os mais beneficiados da artimanha dos ...

sexta, 24 maio 2019
Leia +
Pub
SN

Economia

A introdução de meios electrónicos nas operações de comércio externo, sobretudo na emissão do Termo de Compromisso de Intermediação ...

sexta, 24 maio 2019
Read more

Tecnologias

O USO da biotecnologia na pecuária pode acelerar o repovoamento das espécies em extinção no país, com maior enfoque para elefantes e rinocerontes. Leia mais

sexta, 24 maio 2019
Leia +

A retiradadas oito famílias que ainda residem no traçado das obras do prolongamento da Rua Cândido Mondlane, ex-Dona Alice, ainda não se efectivou por falta de espaço para reassentar os afectados.

As casas localizam-se no entroncamento desta rua com a Avenida Julius Nyerere, mais concretamente nas imediações da lixeira de Hulene.

Vidigal Rodrigues, director municipal de Infra-estruturas, disse ao “Notícias” que dada a dificuldade da autarquia em identificar uma área para a colocação das famílias avançou-se para uma solução alternativa que passa pelo arrendamento de casas para as famílias em causa.

“Vamos arrendar casas por seis meses, enquanto procuramos uma solução definitiva do problema para que a obra possa avançar”, disse.

O director precisou que as oito famílias deverão passar para as casas arrendadas na próxima semana, ao que se seguirá a fase de demolições e limpeza da zona, com vista ao avanço dos trabalhos de construção do prolongamento da ex-Dona Alice.

Falando concretamente da estrada, a fonte disse que as obras decorrem sem grandes sobressaltos, devendo ganhar mais celeridade com a libertação de toda a área do projecto.

O prolongamento desta estrada faz parte do mesmo pacote com a pavimentação da Avenida Dom Alexandre e da Rua da Linha.

As obras das três rodovias estão avaliadas em cerca de 18 milhões de dólares norte-americanos e foram adjudicadas a dois empreiteiros, devendo um responsabilizar-se pela Av. Cardeal Dom Alexandre dos Santos e extensão da Rua Cândido Mondlane até à Av. Julius Nyerere, na zona da lixeira de Hulene, e outro pavimentar a rodovia paralela à linha-férrea.

A Rua da Linha já foi entregue, estando a “Dom Alexandre” na fase de acabamentos, de acordo com o que constatámos esta semana.

Com a construção da Avenida Cardeal Dom Alexandre dos Santos, Rua da Linha e do prolongamento da “Cândido Mondlane”, os residentes dos bairros Mahotas, Albasine, Magoanine, Laulane, bem como de Guava, Mateque, Habel Jafar, em Marracuene, terão mais opções para entrar e/ou sair do centro da cidade, mesmo nos dias de chuva em que as vias de acesso nestas áreas residenciais ficam intransitáveis.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction