OS agricultores do distrito de Chimoio estão a comemorar a abertura ontem da nova "Casa do Agricultor", um estabelecimento que fornece uma variedade de produtos relacionados com a agricultura.

Segundo um comunicado de imprensa enviado à nossa Redacção, o empreendimento resulta de uma parceria entre a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) e a Empresa Tecnologia e Consultoria Agro-Pecuária, Lda. (TECAP), visando prover aos agricultores o acesso a equipamentos, insumos e produtos que irão ajudar a aumentar a produtividade agrícola.

A agricultura continua a ser o pilar da economia de Moçambique, contribuindo com mais de um quarto do PIB e empregando 80% da força de trabalho. No entanto, a maioria dos agricultores moçambicanos apenas produz os alimentos suficientes para alimentar as suas famílias. Esta situação pode mudar porque, com as inovações na agricultura que levam ao aumento da produtividade agrícola, Moçambique tem um enorme potencial de se tornar num importante produtor de alimentos na África Austral.

A “Casa do Agricultor” do Chimoio vai proporcionar aos agricultores as ferramentas de que precisam para a transição de uma agricultura de subsistência para comercial.

"O modelo da ‘Casa do Agricultor’ é um conceito inovador e tem o potencial de revitalizar o sector agrícola em Moçambique, tornando os pequenos produtores mais eficientes e mais produtivos, ao mesmo tempo que cria um mercado sustentável para empresas comerciais no país", afirmou o oficial de agricultura da USAID, Kenneth Hasson, no evento inaugural.

A “Casa do Agricultor” do Chimoio faz parte de um projecto maior apoiado pela USAID, através de uma parceria para a inovação entre a Feed the Future e o parceiro do sector privado, TECAP, que deverá apoiar pequenos agricultores em Manica, Nampula e Tete, atingindo mais de 18 mil agricultores.

O modelo da “Casa do Agricultor” tem como prioridade o investimento em pequenos agricultores e criar maiores oportunidades de mercado para os produtos que eles cultivam. Colmatar as lacunas da produtividade agrícola, melhorar os padrões e aceder a novos mercados são fundamentais para o desenvolvimento económico de Moçambique. O crescimento sustentável no sector agrícola é a solução para melhorar a vida dos Moçambicanos nas comunidades rurais.

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,70 61,84
ZAR 4,43 4,51
EUR 71,53 72,88

11.10.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HÁ alguns anos, o Governo do ex- presidente moçambicano, Joaquim ...
2017-10-20 23:30:00
MAIS um linchamento ocorreu ao princípio desta semana na cidade da Beira, ...
2017-10-20 23:30:00
TURMA, não posso ignorar esta chamada, serei rápido. Enquanto estou ...
2017-10-20 23:30:00
MOCÍMBOA da Praia, na província de Cabo Delgado, está desde ...
2017-10-19 23:30:00
Passam cerca de duas semanas que contei a história onde o personagem ...
2017-10-19 23:30:00