Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

Opinião

Politica

O segundo vice-presidente da Assembleia da República, o deputado Younusse Amad, disse quinta-feira, em Maputo, que em Moçambique existem pessoas com deficiência economicamente ...

quarta, 09 janeiro 2019
Leia +

Economia

A Plataforma Integrada dos Serviços ao Cidadão (e-BAU) apenas cobre quarenta distritos dos 150 existentes no país, com destaque para os das capitais provinciais com elevado ...

sábado, 23 junho 2018
Read more
Pub
SN

Desporto

O FERROVIÁRIO de Maputo, líder da prova, joga esta tarde no reduto do Textáfrica, campo da Soalpo em Chimoio, onde vai testar o seu poderio, atendendo e considerando que o ...

sábado, 23 junho 2018
Leia +

Nacional

O Conselho Municipal da cidade de Pemba, capital da província de Cabo Delgado, garante que, finalmente, dispõe de fundos, cerca de 60 milhões de meticais, para a ...

sábado, 23 junho 2018
Leia +

OS agricultores do distrito de Chimoio estão a comemorar a abertura ontem da nova "Casa do Agricultor", um estabelecimento que fornece uma variedade de produtos relacionados com a agricultura.

Segundo um comunicado de imprensa enviado à nossa Redacção, o empreendimento resulta de uma parceria entre a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) e a Empresa Tecnologia e Consultoria Agro-Pecuária, Lda. (TECAP), visando prover aos agricultores o acesso a equipamentos, insumos e produtos que irão ajudar a aumentar a produtividade agrícola.

A agricultura continua a ser o pilar da economia de Moçambique, contribuindo com mais de um quarto do PIB e empregando 80% da força de trabalho. No entanto, a maioria dos agricultores moçambicanos apenas produz os alimentos suficientes para alimentar as suas famílias. Esta situação pode mudar porque, com as inovações na agricultura que levam ao aumento da produtividade agrícola, Moçambique tem um enorme potencial de se tornar num importante produtor de alimentos na África Austral.

A “Casa do Agricultor” do Chimoio vai proporcionar aos agricultores as ferramentas de que precisam para a transição de uma agricultura de subsistência para comercial.

"O modelo da ‘Casa do Agricultor’ é um conceito inovador e tem o potencial de revitalizar o sector agrícola em Moçambique, tornando os pequenos produtores mais eficientes e mais produtivos, ao mesmo tempo que cria um mercado sustentável para empresas comerciais no país", afirmou o oficial de agricultura da USAID, Kenneth Hasson, no evento inaugural.

A “Casa do Agricultor” do Chimoio faz parte de um projecto maior apoiado pela USAID, através de uma parceria para a inovação entre a Feed the Future e o parceiro do sector privado, TECAP, que deverá apoiar pequenos agricultores em Manica, Nampula e Tete, atingindo mais de 18 mil agricultores.

O modelo da “Casa do Agricultor” tem como prioridade o investimento em pequenos agricultores e criar maiores oportunidades de mercado para os produtos que eles cultivam. Colmatar as lacunas da produtividade agrícola, melhorar os padrões e aceder a novos mercados são fundamentais para o desenvolvimento económico de Moçambique. O crescimento sustentável no sector agrícola é a solução para melhorar a vida dos Moçambicanos nas comunidades rurais.

Sábados

TEMA DE ...

É um facto que as autoridades municipais, há anos, enfrentam ...

...

A INFÂNCIA e a arte são universos muito próximos. ...

Conselho de administração

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

Siga-nos

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction