Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

Opinião

Politica

O segundo vice-presidente da Assembleia da República, o deputado Younusse Amad, disse quinta-feira, em Maputo, que em Moçambique existem pessoas com deficiência economicamente ...

quarta, 09 janeiro 2019
Leia +

Economia

A Plataforma Integrada dos Serviços ao Cidadão (e-BAU) apenas cobre quarenta distritos dos 150 existentes no país, com destaque para os das capitais provinciais com elevado ...

sábado, 23 junho 2018
Read more
Pub
SN

Desporto

O FERROVIÁRIO de Maputo, líder da prova, joga esta tarde no reduto do Textáfrica, campo da Soalpo em Chimoio, onde vai testar o seu poderio, atendendo e considerando que o ...

sábado, 23 junho 2018
Leia +

Nacional

O Conselho Municipal da cidade de Pemba, capital da província de Cabo Delgado, garante que, finalmente, dispõe de fundos, cerca de 60 milhões de meticais, para a ...

sábado, 23 junho 2018
Leia +

UM grupo de 23 operadores florestais da província de Cabo Delgado, entre concessionários e de licenças simples, encontra-se em desespero, pelo facto de ainda aguardarem pelo despacho dos respectivos pedidos de licenciamentos submetidos ao gabinete da governadora provincial.

O desespero justifica-se pelo facto de, apesar de a campanha de exploração florestal referente ao presente ano ter iniciado em Julho, em todo o país, o mesmo ainda não ter acontecido ao nível da província de Cabo Delgado, não se sabendo quando é que isso deverá ocorrer.

Aqueles operadores madeireiros voltaram a insistir no facto de que a demora da concessão de autorização para o início das actividades de exploração florestal estar a prejudicar-lhes por, alegadamente, as suas empresas estarem a somar prejuízos, decorrentes do pagamento de salários aos trabalhadores que, entretanto, estão simplesmente sentados em suas casas, para além deles mesmos que não podem cumprir outras obrigações com as entidades fiscais.

Sobre o assunto, o director provincial de Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural, Arlindo Dgedge, alegou que acabava de assumir a pasta, daí que ainda não estava inteirado a cerca daquele e outros “dossiers” da instituição. Contudo, disse ter conhecimento de que os processos estão a seguir os respectivos trâmites.

Porque os madeireiros sustentam que os pedidos estão na secretária da governadora, o chefe do gabinete, Casimiro Calope, respondeu, dizendo que não sabia de nada.

Segundo ele, todo o expediente que entra na repartição para ser autorizado pela governadora, sempre é encaminha a ela, razão pela qual não tinha autoridade para falar sobre o estágio dos tais documentos.

Em contacto telefónico, o assessor do ministro da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural, Amílcar Pereira, reconheceu que, de facto, há demora no despacho dos pedidos de licenciamento.

O chefe dos Serviços Provinciais de Florestas de Cabo Delgado, Reinaldo Germano, disse ao nosso Jornal que para este ano os madeireiros tramitaram 38 pedidos de licenças de concessão e igual número de licenças simples.

Sábados

TEMA DE ...

É um facto que as autoridades municipais, há anos, enfrentam ...

...

A INFÂNCIA e a arte são universos muito próximos. ...

Conselho de administração

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

Siga-nos

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction