O SECTOR de Educação e Desenvolvimento Humano, no distrito de Mandlakazi, em Gaza, registou nos primeiros sete meses no presente ano, o abandono escolar de 803 crianças, das quais 303 são raparigas.

Os números, apresentados à margem do seminário distrital de combate aos casamentos prematuros, representam uma redução se comparados com igual período do ano transacto, altura em que se contabilizavam 1.283 desistências.

Apesar deste cenário, o sector aponta, entre vários motivos da prevalência de desistências, o fraco engajamento dos professores, pais e encarregados de educação na orientação dos seus educandos.

De acordo com Albino Sitoe, chefe da Repartição de Educação Geral, no Serviço Distrital de Educação, Juventude e Tecnologia de Mandlakazi, fazem também parte dos constrangimentos, as longas distâncias percorridas a pé pelos alunos, principalmente para o alcance de uma escola secundária, chegando a atingir 14 quilómetros.

Por outro lado, apontou o envolvimento de menores em actividades de rendimento, como factor que conduz esta camada a ter uma paixão pelo dinheiro, chegando assim a decidir-se pelo abandono da escola, para além da ocorrência de gravidezes precoces.

Sitoe acrescentou que, no presente ano, o distrito registou um total de 37 casos de gravidezes precoces, destes, 99 por cento aconteceram em escolas do Ensino Secundário, nomeadamente nas escolas secundárias de Mandlakazi, com oito casos, Samora Machel, com quatro, Chiguivitane, com seis alunas, Incadine, com igual número, Chidenguele com 12 casos. 

A fonte explicou que está em curso um conjunto de acções visando minimizar o fenómeno, através da continuidade da realização de palestras de sensibilização às comunidades para desencorajamento de casamentos prematuros e gravidezes precoces, bem como a potenciação da produção escolar, de forma a prover lanche escolar aos alunos e a expansão do programa “Clube da Rapariga”, abrangendo toda a rede escolar do distrito.

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,70 61,84
ZAR 4,43 4,51
EUR 71,53 72,88

11.10.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

LOCALIZADA no extremo norte da província de Cabo Delgado, fazendo fronteira ...
2017-10-22 23:30:00
FRETILIN é nome de um dos movimentos que lutaram pela independência de ...
2017-10-22 23:30:00
NA semana passada vimos mais um acto mediatizado de demolições de ...
2017-10-22 23:30:00