DOIS funcionários públicos acusados de desvio de fundos do Estado, estão a ser julgados desde ontem no Tribunal Judicial do distrito de Vilankulo, em Inhambane.

Além dos dois funcionários do Estado, o Gabinete Provincial de Combate à Corrupção arrolou no processo de querela 10/2017, mais um indivíduo estranho à secretaria distrital de Vilankulo.

Em causa estão cento e sessenta e cinco mil meticais, tirados ilicitamente dos cofres do Estado, para fins pessoais.

O valor foi desviado por via da transferência bancária para contas de três funcionários da secretaria distrital.

Foi em Setembro de 2016, que de forma fraudulenta, o chefe da repartição de finanças da secretaria distrital de Vilankulo, transferiu trezentos e oitenta e um mil meticais, sendo cento e vinte e sete mil, para cada conta.

Mais recentes

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,55 60,70
ZAR 4,37 4,45
EUR 69,97 71,32

15.12.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HÁ uns anos um deputado da Assembleia da República, meu amigo,  ...
2017-12-15 23:30:00
IMPLICÂNCIA sem motivos. É comum não nutrirmos simpatia por ...
2017-12-15 23:30:00
AS FESTAS!... EM boa verdade elas, sobretudo as que se avizinham, são ...
2017-12-14 23:30:00
DEFINITIVAMENTE  não sou dono do meu tempo. Nunca fui, e jamais serei. ...
2017-12-14 23:30:00
TERMINEI o último artigo manifestando pesar pelo facto de as obras de ...
2017-12-14 23:30:00