OS moradores do posto administrativo da Matola-Rio, distrito de Boane, província de Maputo, manifestaram-se satisfeitos pela entrada em funcionamento da nova maternidade e bloco de consultas no centro de saúde local, para além do funcionamento de quatro gabinetes de consulta. Antes, os residentes daquela área socorriam-se na vila distrital de Boane ou ainda no Hospital Provincial da Matola.

A satisfação foi manifestada, há dias, durante um almoço de confraternização entre as autoridades do posto e as comunidades por ocasião das festividades do Natal e Fim do Ano.

O encontro serviu igualmente para avaliar algumas actividades que estão em curso no posto, como é o caso da abertura de novas vias de acesso, demarcação de talhões, expansão da rede eléctrica e a canalização de água potável.

Na ocasião, manifestaram-se, igualmente, preocupados com a degradação das vias de acesso naquela zona, que se acentua na presente época chuvosa, e apelaram para uma intervenção das autoridades.

No encontro, foi ainda anunciada a entrada em funcionamento, em breve, da fábrica de cabelos de beleza, que poderá proporcionar milhares de postos de emprego, com maior destaque do sexo feminino.

A administradora do distrito de Boane, Teresa Mauaie, reconheceu que a sua direcção tem o desafio de satisfazer as necessidades dos cidadãos, como a melhoria das vias de acesso, expansão da rede eléctrica e água potável para os diferentes bairros residenciais, sobretudo nas áreas em expansão.

De referir que o posto administrativo da Matola é um dos distrito de Boane, que está a conhecer crescimento populacional, assim como de infra-estruturas tanto para habitação, bem como para o comércio.

Entretanto, o distrito de Boane conta a partir deste ano com mais dois gabinetes de consulta de pediatria no Centro de Saúde de Boane, quatro gabinetes de consulta no Centro de Saúde de Beluluane e uma maternidade no Centro de Saúde de Campoane.

A entrada em funcionamento destas unidades permitiu a melhoria do acesso da população aos serviços de saúde, diminuiu também as distância das gestantes à procura dos serviços de saúde.

Num outro desenvolvimento, Teresa Mauaie disse que a rede escolar cresceu na ordem de três por cento. Para o próximo ano lectivo o distrito espera matricular cerca de 6741 novos ingressos da 1.ª classe.

“Construímos sete salas de aulas através das nossas parcerias, totalizando 480 salas de aulas existentes no distrito e ainda necessitamos de mais de 207 salas para fazer face às turmas ao relento e a superlotação dos alunos nas salas”, disse a administradora. 

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 58,31 59,47
ZAR 4,74 4,83
EUR 70,23 71,64

25.01.2018   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

LEMBREI-ME ontem das palavras que o Primeiro-ministro, Carlos Agostinho do ...
2018-02-19 00:30:00
DE há alguns meses a esta parte, vem-se falando sobre a possibilidade de a ...
2018-02-19 00:30:00
O PAÍS, de modo particular as zonas norte e centro, está a ser ...
2018-02-17 00:30:00
GLÓRIAMaria, hoje tive a certeza de que a terceira idade é um ...
2018-02-17 00:30:00
DESDE que a 7 de Fevereiro, o mais alto magistrado da nação anunciou, ...
2018-02-16 00:30:00