Director: Júlio Manjate   ||  Director(a) Adjunto(a): 

Opinião

Politica

Pelo menos 14 cidadãos de nacionalidade etíope foram repatriados, segunda-feira, pelo Serviço de Migração na província central de Manica. Os imigrantes ...

quarta, 12 dezembro 2018
Leia +

Nacional

O PAÍS continua a debater-se com a falta de técnicos nutricionistas, contando neste momento com pouco mais de 500, dos quais 400 exercem a sua actividade nas unidades sanitárias, ...

quarta, 12 dezembro 2018
Leia +

Autárquicas 2018

A VOTAÇÃO nas oito mesas cujos resultados foram anulados pelo Conselho Constitucional na autarquia de Marromeu, em Sofala, deverá ser repetida até ao dia 25 de Novembro ...

quinta, 15 novembro 2018
Leia +
Pub
SN

Desporto

FERROVIÁRIO da Beira, UD Songo (pela Série A), Maxaquene e Ferroviário de Maputo (pela B) são os semi-finalistas do Campeonato Nacional de Juvenis que decorre na capital ...

quarta, 12 dezembro 2018
Leia +

Economia

A falta de declaração de quantidades capturadas de pescado nas águas nacionais por parte de armadores nacionais e estrangeiros é o principal delito registado pelo sector ...

quarta, 12 dezembro 2018
Read more

Tecnologias

O advento do jornalismo digital já dita a necessidade de os órgãos de comunicação social apostarem na transição do actual modelo clássico para ...

quarta, 12 dezembro 2018
Leia +

O Quénia lançou no espaço o seu primeiro satélite de fabricação própria, esta semana, a partir do Centro Tsukuba, que pertence à Agência Espacial do Japão, em Tóquio.

O nanosatélite, um cubo denominado 1KUNS-PF que pesa 1,2 kg e mede dez centímetros de comprimento e dez de altura, é capaz de fornecer observação terrestre limitada e transmissão de áudio.

O aparelho é obra de cientistas da Universidade de Nairobi, apoiados por especialistas da Agência Japonesa de Exploração Aeroespacial (JAXA). A equipa esperava fazer história ao se aventurar na ciência espacial, disse o vice-chanceler da universidade, Peter Mbithi.

Espera-se que o 1KUNS-PF esteja em órbita em 18 meses a cerca de quatro mil quilómetros da Terra. O satélite será usado em sectores como previsão meteorológica, vigilância da vida selvagem, elaboração de mapas de segurança alimentar e gestão de desastres naturais.

“O nanosatélite leva duas poderosas câmaras e microfones, que ajudarão a captar imagens e gravar sons antes de postá-los na internet”, explicou o professor da Escola de Engenharia da Universidade de Nairobi, Mwangi Mbuthia, citado pela BBC Brasil.

A ministra queniana de Educação, Amina Mohamed, descreveu o lançamento do satélite, que custou cerca de 834 mil euros, como um dos mais “notáveis desenvolvimentos científicos do nosso tempo”.

NA África subsaariana, apenas Gana, Nigéria e África do Sul contam com satélites em operação no espaço.

A 26 de Dezembro de 2017, Angola lançou seu primeiro satélite no espaço construído por um consórcio estatal russo. O Angosat-1 foi lançado do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão. No entanto, há controvérsias sobre se o Angosat-1 ainda existe ou se se  encontra ou não em órbita.

Se o voo for bem sucedido, os cientistas da Universidade de Nairobi planeiam desenvolver satélites maiores e de alta resolução “com sérios valores científicos e tecnológicos para o país”, de acordo com uma declaração divulgada.

O Quénia agora espera lançar o seu próprio programa espacial - ao custo de 500 mil a um milhão de dólares por ano, segundo a universidade.

Os satélites comerciais têm um potencial económico considerável para o Quénia, incluindo mapeamento e uso do solo, previsão do tempo, mapeamento da segurança alimentar, gestão de desastres, monitoramento de fronteiras e da costa, manejo e monitoramento da vida selvagem.

Os cientistas quenianos já estão a colaborar com o Escritório das Nações Unidas para Assuntos do Espaço Exterior, a Agência Japonesa de Exploração Aeroespacial (JAXA) e a Universidade de Roma, na Itália, para impulsionar a inovação no Quénia.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction