Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

Opinião

Politica

A COMISSÃO Nacional de Eleições de Moçambique (CNE) está a analisar o caso de quatro cidadãos na lista de candidatos às eleições ...

terça, 21 agosto 2018
Leia +

Economia

A Autoridade Tributária (AT) de Moçambique anunciou, recentemente, a criação de uma equipa que vai fazer um estudo para avaliar a possibilidade da redução do ...

quinta, 16 agosto 2018
Read more
Pub
SN

Desporto

UM misto de celebração e de projecção para o “Mundial” é o estado de espírito que neste momento ladeia as basquetistas nacionais de Sub-18, que ...

terça, 21 agosto 2018
Leia +

Nacional

Uma mesa redonda de promoção de investimentos Moçambique-China, realiza-se no próximo dia 2 de Setembro do ano em curso, em Beijing, segundo revelou ao Noticias Online, ...

terça, 21 agosto 2018
Leia +

A CIDADE de Maputo registou, de Janeiro de 2017 a Março deste ano, 144 casos suspeitos de sarampo, oito dos quais acusaram positivo para rubéola nos exames laboratoriais.

A directora de Saúde da cidade, Alice de Abreu, indicou que nenhum dos casos terminou em óbito.

Como forma de inverter o cenário, o sector está a mobilizar recursos humanos e materiais para a realização da segunda fase da campanha nacional de vacinação, de 21 a 27 de Maio, que prevê abranger 579 924 crianças dos seis meses aos 14 anos de idade. Para o efeito, estarão envolvidas 421 equipas, compreendendo 84 supervisores, 842 técnicos, 824 activistas, 421 mobilizadores e 84 motoristas para os sete distritos da cidade de Maputo.

O objectivo, segundo de Abreu, é eliminar o sarampo e a rubéola até 2020, segundo as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

“Terminada a campanha, a vacina vai passar a ser aplicada de imediato e de forma rotineira no leque das administradas a crianças dos 9 a 23 meses de vida. É preciso lembrar que estas doenças não têm cura. O melhor tratamento ainda é a prevenção, daí que queremos apelar aos pais a levarem as crianças aos postos de vacinação”, disse de Abreu.

A Organização Mundial da Saúde recomenda aos Estados-membros para acelerar o controlo e eliminação do sarampo e da rubéola.

A campanha constituirá também uma oportunidade para reforçar a administração da Vitamina A, a desparasitação das crianças menores de 5 anos, bem como a suplementação com sal ferroso em adolescentes dos 12 aos 14 anos de idade.

O sarampo e a rubéola são doenças virais altamente contagiosas que podem causar complicações graves, incluindo a morte. Em mulheres grávidas, a rubéola pode prejudicar gravemente o feto, causar aborto espontâneo ou bebés com defeitos.

Sábados

...

TEMOS dito muitas vezes, aqui, que continuam enganados aqueles que pregam o ...

TEMA DE ...

O RESPEITO pelo bom profissional de saúde, reconhecendo publicamente ...

CLICKADAS

Conselho de administração

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

Siga-nos

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction