Director: Júlio Manjate   ||  Director(a) Adjunto(a): 

A CAMPANHA eleitoral é um momento de celebração da vida social. De festa e exaltação da nossa moçambicanidade, despida de preconceitos e galões do poder. É um momento de sermos somente nós, “Terra-a-Terra”, como sói dizer-se na gíria popular. Deixa-se de lado o burocrático protocolo e fica apenas a essência do que somos ou dos fins que pretendemos alcançar. Fora do circuito emanado pelas responsabilidades governamentais. Afinal, dirigente é também pessoa e povo. Lado a lado, gente conhecida e anónima partilha o chão da vida e troca impressões rumo ao desenvolvimento, que todos almejam. Certos de que a construção de Moçambique é um exercício que a todos cabe fazer, certamente dentro do espírito democrático sintetizado no princípio do sufrágio universal. Por isso, é preciso ir às bases e prestar contas do que se fez, recolher subsídios para o que se pretende realizar. Enfim! Campanha eleitoral é festa, é vida.

Nesta sequência de imagens, vemos, em primeiro plano, Carlos Agostinho do Rosário, membro da Comissão Política e chefe da Brigada Central de Assistência à província do Niassa, numa profícua interacção.

Júlio Parruque, governador de Cabo Delgado, foi às bases “namorar” o voto, ao mesmo tempo que prometia melhor servir.

Alegria é um “animal” livre que pode ser apalpado por quem tem a mente aberta. Comiche, cabeça-de-lista do partido Frelimo para a cidade de Maputo, visualizou isso. E na cidade da Matola, Calisto Cossa mostra-se atento às preocupações daqueles a quem promete dar o melhor de si para que tenham uma vida cada vez melhor no município.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction