CENTO e setenta centros de saúde das províncias de Gaza, Inhambane, Manica, Sofala e Tete vão fornecer assistência nutricional a 21 mil pessoas ao longo de 2017, fruto de uma contribuição adicional dos Estados Unidos na ordem de 2.7 milhões de dólares.

O financiamento adicional, segundo uma nota do PMA, vai servir para adquirir, transportar e distribuir alimentos fortificados para combater a malnutrição em grupos mais vulneráveis, como crianças menores de cinco anos, mulheres grávidas e mães em aleitamento e que perderam as suas culturas na sequência da recente seca.

Até ao momento, foram distribuídas 100 mil toneladas métricas de alimentos fortificados e em breve serão concedidas mais 770 toneladas métricas.

Os mantimentos estão a ser canalizados, através do Programa Mundial de Alimentação (PMA), que acolheu satisfatoriamente a contribuição com a qual espera apoiar mulheres grávidas e em aleitamento epessoas vivendo com HIV ou Tuberculose (TB) em tratamento anti-retroviral.

“Os Estados Unidos estão comprometidos em apoiar o povo de Moçambique durante estes tempos difíceis. Estamos comprometidos em trabalhar com os grupos mais vulneráveis, tais como pessoas vivendo com HIV e assegurar que as famílias lidem com os efeitos negativos da seca,” disse o embaixador dos EUA em Moçambique, Dean Pittman

A contribuição vem do Plano de Emergência do Presidente dos Estados Unidos para Alívio ao SIDA (PEPFAR), através da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional(USAID).

Moçambique é um dos 22 países africanos apoiados pelo PEFPAR e um dos oito  prioritários da ONU/SIDA na região da África Austral, onde é necessário acelerar os esforços para erradicar o SIDA até 2030.

Pessoas vivendo com HIV são particularmente vulneráveis à insegurança alimentar e malnutrição. Por outro lado, a medicação antirretroviral que eles tomam se torna mais eficaz quando combinada com boa nutrição. Quando as pessoas nesta condição não têm o suficiente para comer, não aderem ao tratamento, o que pode levar ao aumento da carga viral, infecções oportunistas e progressão da doença. 

Evidências mostram que a insegurança alimentar constitui um dos factores de violência baseada no género, para além de forçar pessoas a envolverem-se em estratégias de sobrevivência prejudiciais, tais como sexo transaccional, o que as pode tornar mais vulneráveis à infecção com HIV.

Desde o seu estabelecimento em 2004, o PEPFAR já investiu 14.2 milhões de dólares em tratamento antirretroviral, assistência alimentar de emergência e reabilitação nutricional de pessoas malnutridas vivendo com HIV e tuberculose em Moçambique.

 

Mais recentes

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 17 Novembro 2017
OS ACONTECIMENTOS que o município de Nampula vive, desde o assassinato de Mahamud Amurane, a 4 de Outubro, acinzentam a democracia moçambicana, numa altura em que o sistema caminha de forma irreversível para a sua consolidação. Governar é uma ciência... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
ORLANDO QUILAMBO, REITOR DA UEM: Universidades...
Segunda, 20 Novembro 2017
Mais do que uma instituição de ensino superior, a Universidade é uma entidade de investigação, de extensão e de domínio e cultivo do saber humano. Orlando Quilambo, que desde Novembro do ano passado cumpre o seu segundo mandato como Reitor da Universidade Eduardo Mondlane (UEM), sabe disso. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quinzenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,29 61,43
ZAR 4,28 4,36
EUR 70,24 71,57

06.11.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

O ANO lectivo está prestes a terminar, com a anunciada ...
2017-11-19 23:30:00
In memória a Fernando Couto A PRIMEIRA vez que os vi caminhar pelas ruas ...
2017-11-19 23:30:00
NA minha permanente nostalgia da infância, lembro-me que era costume a ...
2017-11-17 23:30:00
ELE não estará na cerimónia. A irmã mais nova ...
2017-11-17 23:30:00
CONTA-SE que no último dia de um certo ano lectivo, algures numa escola ...
2017-11-17 23:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 2384 visitantes em linha