UM incêndio de grandes proporções destruiu parte do equipamento da fábrica de descasque de arroz, no distrito de Namacurra, província da Zambézia.

Presume-se que o incêndio tenha sido causado por um curto-circuito. O fogo foi debelado uma hora depois, com a intervenção de uma equipa de bombeiros da Electricidade de Moçambique.
Testemunhas disseram que se trata do segundo incêndio que se regista nesta unidade fabril, paralisada desde 2015.

A fábrica de processamento de arroz de Namacurra pertence ao Estado e foi construída há cerca de quatro anos, num financiamento de nove milhões de dólares, o equivalente a 54 milhões de meticais.

Previa-se que a unidade fabril empregasse 160 trabalhadores, mas desde a sua inauguração, nunca chegou a funcionar regulamente devido a avarias constantes e falta de matéria-prima.

(RM)

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 15 Dezembro 2017
A ASSEMBLEIA da República aprovou, esta semana, as propostas do Plano Económico e Social (PES) e do Orçamento do Estado (OE) para 2018. Trata-se de dois instrumentos importantes que vão orientar a acção governativa no próximo ano, com o intuito de... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Reinserção social em Sofala: Implementação de...
Quinta, 14 Dezembro 2017
Cerca de 14.800 combatentes registados na província central de Sofala, entre desmobilizados de defesa da soberania e democracia e veteranos da luta de libertação nacional, estão a melhorar as suas condições de vida, com a implementação, nos últimos tempos, de múltiplos projectos de reinserção social. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quinzenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,55 60,70
ZAR 4,37 4,45
EUR 69,97 71,32

15.12.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HÁ uns anos um deputado da Assembleia da República, meu amigo,  ...
2017-12-15 23:30:00
IMPLICÂNCIA sem motivos. É comum não nutrirmos simpatia por ...
2017-12-15 23:30:00
AS FESTAS!... EM boa verdade elas, sobretudo as que se avizinham, são ...
2017-12-14 23:30:00
DEFINITIVAMENTE  não sou dono do meu tempo. Nunca fui, e jamais serei. ...
2017-12-14 23:30:00
TERMINEI o último artigo manifestando pesar pelo facto de as obras de ...
2017-12-14 23:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 1477 visitantes em linha