O Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Indústria de Açúcar, Álcool e Afins, SINTIA, distancia-se dos distúrbios e vandalizações que estão a ocorrer na Açucareira da Maragra, na Manhiça, província de Maputo, na sequência da greve que se regista na empresa.

Os grevistas estão a vandalizar bens da empresa, a protagonizar actos de violência contra colegas que estão a trabalhar e ontem chegaram a queimar 44 hectares de cana-de-açúcar nas plantações da Açucareira da Maragra.

O secretário-geral do SINTIA, Alexandre Munguambe, repudia os actos de vandalização e diz que a greve não se faz com violência.

Os trabalhadores grevistas exigem um aumento salarial de vinte e um por cento e a empresa insiste que só pode fazer um incremento na ordem dos doze por cento.

Munguambe considera que a greve na Açucareira da Maragra é um problema difícil de resolver e acusa a nova direcção da empresa de ser arrogante, ao recusar o diálogo com os trabalhadores. Ele reconhece que a paralisação da actividade é legítima, dado que a instituição ainda não reajustou os últimos salários mínimos acordados com o Conselho Consultivo do Trabalho.

Segundo o secretário-geral do SINTIA, uma equipa conjunta, incluindo inspectores do Ministério do Trabalho, Emprego e Segurança Social, encontra-se na Açucareira da Maragra para ajudar na busca de consensos entre as partes. (RM)

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 17 Novembro 2017
OS ACONTECIMENTOS que o município de Nampula vive, desde o assassinato de Mahamud Amurane, a 4 de Outubro, acinzentam a democracia moçambicana, numa altura em que o sistema caminha de forma irreversível para a sua consolidação. Governar é uma ciência... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
CIDADE DE MOCUBA: Governo mobiliza fundos para...
Terça, 14 Novembro 2017
O governo provincial da Zambézia está a mobilizar recursos financeiros para resolver, de modo definitivo, a crise de água potável que afecta cerca de cento e vinte mil munícipes da cidade de Mocuba, há mais de 20 anos. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quinzenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,29 61,43
ZAR 4,28 4,36
EUR 70,24 71,57

06.11.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

NA minha permanente nostalgia da infância, lembro-me que era costume a ...
2017-11-17 23:30:00
ELE não estará na cerimónia. A irmã mais nova ...
2017-11-17 23:30:00
CONTA-SE que no último dia de um certo ano lectivo, algures numa escola ...
2017-11-17 23:30:00
ISTO tudo parece um filme com legendas surpreendentes. Sou sempre encontrado em ...
2017-11-16 23:30:00
TODOS os anos, por estas alturas, soa, tristemente, a mesma lenga-lenga. O que ...
2017-11-16 23:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 1984 visitantes em linha