A SAÚDE está a reforçar a sua capacidade de resposta face ao previsível aumento de casos de diarreia, malária, tensão arterial e intoxicação alimentar durante a época quente e chuvosa, que em Moçambique ocorre entre Outubro e Março do ano seguinte.

Paralelamente, o Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC) já começou o pré-posicionamento de víveres e equipamentos para intervir em caso de ocorrência de desastres durante a época chuvosa.

A chefe do Departamento de Epidemiologia do Ministério da Saúde, Lorna Gujral, lembra que a época chuvosa é caracterizada pelo aumento da temperatura, da humidade e da pluviosidade, o que cria condições para um maior risco de aparecimento de doenças de fórum hídrico ou a elas relacionadas, a exemplo de problemas na pele e alergias.

“Com o aumento destas doenças, geralmente há um maior fluxo de pessoas nas unidades sanitárias, o que pode aumentar o tempo de espera pelos cuidados de saúde”, observou Lorna Gurjal, reforçando a necessidade de se prevenir estes problemas de saúde optando por medidas de prevenção individual e colectiva.

Acrescentou que a Saúde está a realizar uma campanha de distribuição massiva de redes mosquiteiras, tendo já sido entregues mais de 13 milhões destes meios de prevenção da malária nas zonas norte e centro do país.

O apelo do Ministério da Saúde é feito numa altura em que o distrito de Memba, na província de Nampula, está a registar casos de cólera desde 14 de Agosto último, agora com 109 casos cumulativos e um óbito.

Entretanto, as estatísticas sobre a situação epidemiológica do país mostram para a redução de casos de diarreias em 20 por cento de Janeiro a 9 de Outubro deste ano altura em que foram notificados 492.152 casos e 108 óbitos contra 591.683 casos e 306 mortes em 2016.

Enquanto isso, o INGC confirma disponibilidade de fundos para responder “de forma eficaz” a eventuais desastres causados pelas chuvas, que, numa primeira fase, serão mais intensas no sul e, entre Janeiro e Março de 2018, nas regiões centro e norte do país.

A propósito, o director-geral do INGC, João Machatine, disse esperar que o quadro de gestão das calamidades seja aprimorado, de modo a garantir um adequado controlo interno e gestão financeira, para evitar desvios na utilização dos recursos destinados a financiar as actividades programadas.

O INGC assume que têm havido falhas de procedimentos durante as emergências, momento em que se corre mais para assistir os afectados, olhando-se pouco para as regras. Entretanto, a instituição já está a trabalhar no sentido de prevenir esse tipo de anomalias.

Mais recentes

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 23 Fevereiro 2018
A TRAGÉDIA que se abateu sobre a cidade de Maputo, na madrugada desta segunda-feira, matando 16 pessoas e ferindo outras tantas, em consequência do deslizamento do lixo nas proximidades do aterro de Hulene, chama à atenção para a necessidade de reflectirmos sobre o... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Pressão social empurra meninas para uniões...
Sexta, 23 Fevereiro 2018
Raparigas da localidade de Massaca, distrito de Boane, queixam-se da pressão social e dizem que está na origem dos casamentos prematuros. Com efeito, é-lhes dito que estando no lar vão dignificar a família e a comunidade, e muitas cedem a este conselho que as empurra para um futuro incerto. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quinzenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 58,31 59,47
ZAR 4,74 4,83
EUR 70,23 71,64

25.01.2018   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

PARECE haver motivos bastantes para emprestar as palavras do polémico ...
2018-02-24 00:30:00
O SONO é um veneno que embriaga, paralisa o corpo, corta os movimentos e guia ...
2018-02-24 00:30:00
“Ide por todo o mundo, anunciai a Boa Nova a toda criatura” – Mc ...
2018-02-23 00:30:00
Há reportagens antigas  – nos jornais e televisões -  ...
2018-02-23 00:30:00
SÓ posso começar o presente texto dizendo mesmo isto: INAE, já ...
2018-02-23 00:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 1711 visitantes em linha